ESTILO COPENS-CRUYFF: PÊNALTI-ASSISTÊNCIA DE LIONEL MESSI PARA LUIZ SUÁREZ

Reeditando todo o conhecimento, inteligência e criatividade do belga Rik Copens e do holandês Johan Cruyff, Lionel Messi fez novamente história no Estádio Camp Nou de Barcelona em partida contra o Celta Vigo válida pela 24ª rodada da Liga Espanhola 2015-2016 ao surpreender em cobrança de pênalti alternativa.

Cruyff e Messi cobrando penalidades de forma alterntiva

Cruyff e Messi cobrando penalidades de forma alterntiva

O placar já anotava 3×1 para o Barcelona, Messi tentou belo drible na ponta direita, mas foi derrubado. Pênalti marcado pela arbitragem.

Na cobrança, Leo Messi surpreendeu ao tocar para Luiz Suárez concluir.

Jogada executada por Johan Cruyff no passado jogando pelo Ajax em 1982 e, anteriormente, por Rik Copens pela Seleção Belga ainda nos anos 50.

E, no final, o Barcelona aplicou 6×1 no Celta.

Confira a seguir os gols de pênalti de Lionel Messi,  Johan Cruyff e Rik Copens.

http://www.dailymotion.com/video/x3s3owb Imagem de Amostra do You Tube Imagem de Amostra do You Tube

JOVEM DE 19 ANOS MARCA GOLAÇO PARA O TOTTENHAM HOTSPURS

Pela 23ª rodada da English Premier League 2015-2016, que viu o resiliente Leicester City retomar a liderança do campeonato, o Tottenham Hotspur, time que corre por fora e em silêncio na busca pelo título da temporada, obteve importante vitória fora de casa ao derrotar o Crystal Palace de virada por 1×3 em jogo que estava empatado e complicado até os 83 minutos.

Dele Alli, 19 anos

Dele Alli, 19 anos

E quem dissipou as névoas no caminho dos Hotspurs foi o jovem jogador inglês Bamidele Jermaine Alli, ou simplesmente Dele Alli, de 19 anos, através de golaço em bola que atravessou a área, contou com passe de cabeça do dinamarquês Christian Eriksen para chapelar e concluir forte, com perfeição, no canto direito do goleiro galês Wayne Hennessey. Um golaço!

Imagem de Amostra do You Tube
bowie2

NÃO HÁ NOSTALGIA QUANDO SE VIVE ANTECIPANDO O AMANHÃ

Não há nostalgia quando se vive antecipando o amanhã. Assim foi David Bowie, antecipando-se a tudo e a todos, delineando caminhos aos outros, formando tantos outros que em suas obras se inspiraram, que em sua existência forjaram as suas.

Dos hinos ao mais lado-b de sua obra, dos trejeitos ao impacto na moda, das trilhas sonoras de tantas vidas. Assim se vai o maior alienígena de nosso planeta (clichê em tantas e justas homenagens). Fica sua obra, que de tão brilhante continuará guiando a todos nós, das pessoas com bons ouvidos de ouvir e tolerância ao novo, aos que querem ainda continuar nos fornecendo deleites auditivos, performáticos, de vida.

Na busca de uma imagem para ilustrar este post me bastou digitar bowie no prompt do bing e bingo! Os resultados ilustram melhor que qualquer imagem destacada. Em 3, 4 linhas de imagens, 1 milhão de pessoas em uma só. Magnífico, Bowie!

bowie2 bowie2

Futebol e Bons Sons!