BARÇA “TRAVADO” VENCE NOS ACRÉSCIMOS

Um Barcelona jogando aquém das capacidades, além de um Celtic determinado e resiliente na defesa e nos contra golpes levaram os catalães a obterem vitória com ares de dramaticidade no Camp Nou perante 77 mil pessoas presentes na expectativa de ver Lionel Messi atingir seu gol de número 300 na carreira entre Barcelona e Seleção Argentina.

 

 

Jordí Alba empurra para o gol nos acréscimos

GRUPO G

 

Barcelona 2×1 Celtic

Barcelona, Espanha

Sim, a vitória veio, mas somente nos acréscimos e não, Lionel Messi, em atuação apagada, não marcou na noite desta terça-feira em Barcelona.

Os escoceses surpreenderiam com gol concedido a Georgios Samaras aos 17 minutos de jogo.

Tito Vilanova tinha preocupações defensivas depois de ver sua equipe levar quatro gols contra o Deportivo La Coruña no último sábado e ainda longe de poder contar com sua dupla titular defensiva formada por Carles Puyol e Gerard Piqué.

Mas, fato é que este Barça de Vilanova joga mais fixo que o time de Josep Guardiola. Paradoxalmente, vencendo muitas vezes in extremis, mantém campanha de aproveitamento total tanto na Liga quanto na UEFA Champions League.

Na partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da UCL, além de todas as dificuldades e deficiências do Barça, o Celtic apresentou disciplina tática na defesa e nos momentos de contra-ataque. Faltou sim, maior qualidade dos jogadores do time escocês.

Jordí Alba exultante com gol in extremis

O apagado Lionel Messi foi o termômetro da equipe em campo. Muita expectativa sobre o argentino em vê-lo marcar seu 300º gol na carreira (268 gols pelo Barcelona e 31 pela Argentina).

No entanto, se o argentino não está em seu dia, outros craques da equipe devem assumir a responsabilidade. Foi o que tratou de fazer Andrés Iniesta aos marcar antes do final do 1º tempo.

A 2ª etapa apresentaria momentos incomuns de erros de passe nas tentativas de colocar em ação o famoso tiqui-taca, corriqueiro tanto no Barça quanto na Seleção Espanhola. Algo que gerou certa insatisfação no público presente.

No outro lado, o Celtic demonstrava total atenção e disciplina tática nos desarmes de jogadas dos anfitriões.

Quando todos esperavam o empate, Adriano efetua cruzamento cirúrgico para Jordí Alba empurrar para o gol com a sola da chuteira aos 94 minutos de jogo.

Vitória do Barcelona sim, mas sem festa para Lionel Messi desta vez.

 

Spartak Moscou 2×1 Benfica

Moscou, Rússia

Time russo se recupera das derrotas para Barcelona e Celtic e volta à disputa por vaga nas oitavas de final.

Os russos abriram o placar com o brasileiro Rafael Carioca logo aos 2 minutos de jogo. Lima empatou para os portugueses, mas Jardel Vieira fez gol contra e a derrota do Benfica complicou a vida dos portugueses no grupo.

Classificação:

 

 

Casa

Fora

Total

 

 

Clubes

J

V

X

D

V

X

D

V

X

D

GM

GS

DG

Pts

1  FC Barcelona 3 2 0 0 1 0 0 3 0 0 7 3 4 9
2  Celtic FC 3 0 1 0 1 0 1 1 1 1 4 4 0 4
3  FC Spartak Moskva 3 1 0 1 0 0 1 1 0 2 6 7 -1 3
4  SL Benfica 3 0 0 1 0 1 1 0 1 2 1 4 -3 1

 

 

GRUPO E:

 

Shakhtar Donetsk 2×1 Chelsea

Donetsk, Ucrânia

Em partida de gols brasileiros, o Shkhtar Donetsk obtém importante vitória sobre os atuais campeões do Chelsea e assume a liderança isolada do grupo.

Shakhtar 2×1 Chelsea

O ex-vascaíno Alex Teixeira abriu o placar logo aos 2 minutos de jogo e Fernandinho ampliou no início do 2º tempo. O Chelsea marcaria seu gol com Oscar somente a poucos minutos do final.

Agora são onze meses de invencibilidade do time mais brasileiro da UCL em casa.

Já pelos lados do Chelsea, o jogo marcou a volta de John Terry após punição da FA aplicada ao jogador. Frank Lampard também retornou à equipe no lugar de Éden Hazard.

 

Nordsjaelland 1×1 Juventus

Copenhague, Dinamarca

Os dinamarqueses do Nordsjaelland saíram na frente dos campeões italianos com belo gol de falta de Mikkel Beckmann aos 4 minutos do 2º tempo.

Andrea Pirlo e companhia tiveram dificuldades em Copenhague

A Juventus conseguiria o empate somente aos 35 minutos e se seguraram por um fio na competição continental com três empates.

Classificação:

 

 

Casa

Fora

Total

 

 

Clubes

J

V

X

D

V

X

D

V

X

D

GM

GS

DG

Pts

1  FC Shakhtar Donetsk 3 2 0 0 0 1 0 2 1 0 5 2 3 7
2  Chelsea FC 3 0 1 0 1 0 1 1 1 1 7 4 3 4
3  Juventus 3 0 1 0 0 2 0 0 3 0 4 4 0 3
4  FC Nordsjælland 3 0 1 1 0 0 1 0 1 2 1 7 -6 1

 

 

GRUPO F:

 

BATE Borisov 0x3 Valencia

Minsk, Bielorrússia

Hat trick de Roberto Soldado conduz Valencia a importante vitória em Minsk, apesar de vida difícil para os espanhóis na 1ª etapa.

Roberto Soldado faz “hat trick” em Minsk

O Valencia necessitava de recuperação e partiu para o ataque, perdendo duas oportunidades de gol. Os locais dominaram o restante dos primeiros 45 minutos.

O gol de pênalti de Soldado no final da etapa abriu caminho para a confirmação da vitória espanhola no 2º tempo.

 

 

Lille OSC 0x1 FC Bayern

Villeneuve D’Ascq, França

Os bávaros tiveram o domínio da partida, contudo sem imprimir pressão sobre os anfitriões e conseguiram a vitória mínima na França.

Thomas Müller e Franck Ribery

Thomas Müller marcou de pênalti aos 19 minutos de jogo, mas forçariam o jogo somente na etapa final.

As vitórias de Bayern e Valencia embolaram o grupo, deixando para trás o Lille. Serão três equipes na luta por duas vagas.

Classificação:

 

 

Casa

Fora

Total

 

 

Clubes

J

V

X

D

V

X

D

V

X

D

GM

GS

DG

Pts

1  FC BATE Borisov 3 1 0 1 1 0 0 2 0 1 6 5 1 6
1  FC Bayern München 3 1 0 0 1 0 1 2 0 1 4 4 0 6
1  Valencia CF 3 1 0 0 1 0 1 2 0 1 6 2 4 6
4  LOSC Lille 3 0 0 2 0 0 1 0 0 3 1 6 -5 0

 

 

GRUPO H:

Manchester United 3×2 Braga

Manchester, Inglaterra

Javier “Chicharito” Hernández ressurge no time titular do United e comanda grande virada sobre o Braga ao marcar duas vezes em Old Trafford.

Chicharito ressurge em dia de virada do Manchester United

Também marcou duas vezes o brasileiro Alan Osório pelo Braga no 1º tempo, mas os portugueses não foram competentes em segurar o placar favorável.

Jonny Evans também marcou para os anfitriões.

Mais uma vez o time de Alex Ferguson deixa a desejar na Champions ao correr sérios riscos na partida. Mas, a exemplo do Barcelona, mantém campanha de 100% de aproveitamento na competição europeia.

 

Galatasaray 1×1 Cluj

Istambul, Turquia

O auto gol do camaronês Dany Noukeu aos 18 minutos de jogo colocou pressão sobre os donos da casa contra os romenos do Cluj. O gol de empate sairia somente aos 31 minutos do 2º tempo com Burak Yilmaz.

Empate ruim para o Galatasaray que amarga a lanterna do grupo e terá que lutar para alcançar o vice-líder, o próprio Cluj.

Classificação:

 

 

Casa

Fora

Total

 

 

Clubes

J

V

X

D

V

X

D

V

X

D

GM

GS

DG

Pts

1  Manchester United FC 3 2 0 0 1 0 0 3 0 0 6 3 3 9
2  CFR 1907 Cluj 3 0 0 1 1 1 0 1 1 1 4 3 1 4
3  SC Braga 3 0 0 1 1 0 1 1 0 2 4 5 -1 3
4  Galatasaray AŞ 3 0 1 1 0 0 1 0 1 2 1 4 -3 1

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *