A LEI DE LAURO

Ontem em Brasilia, região do país onde são criadas as leis, tivemos conhecimento de mais uma num país tão cheio de regras e obrigações, essa lei aprendida foi a Lei de Lauro.

Antes de falar sobre a lei, gostaria de falar mais sobre Lauro Júnior Batista da Cruz, nascido em Andradina no ano de 1980, interior do estado de São Paulo, começou a agarrar a pelota embaixo das traves pelo grande Radium Futebol Clube da cidade de Mocóca, clube que disputou a primeira divisão de São Paulo em 1952 e tinha no seu elenco nomes consagrados como Caju, Olegário, Baía, Bagunça, Nego e Mamão. Do Radium pra Ponte Preta, Cruzeiro, Internacional, até ser emprestado a Portuguesa.

t_89503_goleiro-lauro-foi-contratado-para-ser-o-titular-da-posicao-na-disputa-do-campeonato-brasileiro

Mas uma particularidade curiosa foi revelada ao mundo na noite de ontem no estádio Mané Garrincha, no jogo válido pela décima segunda rodada os torcedores do Flamengo descobriram que a cada 10 anos o goleiro Lauro fará um gol de cabeça contra o seu time.

Aqui é o gol marcado jogando pela Ponte Preta em 2003, há 10 anos, contra o mesmo Flamengo, praticamente igual!

Pois é Flamengo, o jeito é torcer pro Lauro não estar jogando nem showbol, nem botão, nem Playstation daqui a 10 anos, por que se não vocês já sabem, a Lei de Lauro será cobrada novamente!


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *