HAY LIGA!

E O Real Madrid conseguiu ver sua vantagem em pontos para o Barcelona ser quase que pulverizada após empate contra o Villarreal fora de casa por 1×1, o segundo em sequência da equipe merengue.

Jornais espanhóis jogam junto com Madrid e Barça

Sem ter feito grande partida, o Madrid foi a Villarreal tentando manter os oito pontos de vantagem sobre o arquirrival catalão. Oito pontos que já foram onze até o último final de semana.

Cristiano Ronaldo fez o gol inaugural da partida aos 17 minutos do 2º tempo. Tudo bem até aí.

Mas, a partir de certo momento, os madridistas começaram a se perder nos próprios nervos.

Na parte final do jogo, o árbitro José Luis Parada Romero marcou falta na proximidade da área. Lance que gerou gol de empate do Villarreal pelos pés de Marcos Senna e que causou indignação nos jogadores. Lance que causou reclamação seguida de expulsão do técnico José Mourinho. Não foi a primeira vez que Parada Romero mandou Mourinho embora antes dos 90 minutos. Era a faísca necessária para reacender as reclamações e teorias conspiratórias por parte do Madrid.

Revolta que causaria reclamações generalizadas seguida de expulsões, Sergio Ramos e Mesut Özil foram para o chuveiro mais cedo.

E o Madrid teve que suportar sufoco final com nove homens em campo. Cristiano Ronaldo tentava reter a bola e carregá-la para fazer o tempo passar e cavar lances fortuitos de escanteios.

No apito final de Parada Romero, mais confusão nos túneis rumo aos vestiários. O luso-brasileiro Pepe teria se dirigido de forma singela à arbitragem: “vai assalto, fdp!”. Fato reportado por Romero na súmula.

Com o empate, o Real Madrid alcançou 72 pontos contra 66 do Barcelona.

Sinal de alerta para o Madrid que foi acusado por toda a imprensa espanhola.

Curioso é notar o ponto de vista da imprensa mdrilenha e depois comparar com a imprensa catalã.

Enquanto que os jornais esportivos de Madri Marca e Ás colocam sérias advertências a respeito dos riscos que os merengues correrão a partir de agora na Liga que estava quase garantida, ressaltando a arbitragem, os catalães Mundo Deportivo e Sport enfocam a choradeira dos jogadores e tratam de pôr pressão sobre os madridistas, tudo isso no embalo das comemorações e homenagens aos feitos de Lionel Messi.

Os órgãos de Madri e Barcelona jogam juntos com Real Madrid e Barça.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *