ESTRELAS DE GLASGOW

Nesse final de semana a MTV mostrou uma hora com o melhor do Festival irlandês Oxigen de 2010. Pela telinha pode se ver um pouco da performance de artistas como Arcade Fire, Muse, Vampire Weekend e Florence and the Machine.

O que essa nota tem demais? Sinceramente, alem da ótima qualidade das bandas, não muito, pois apesar de inúmeras mudanças na programação, pelo que da para ver, a emissora ainda estampa a musica no seu nome.

Mas nos anos noventa, algo diferente aconteceu. Algo que mudou a historia da musica, principalmente da musica Indie aqui no Brasil, para sempre.
O então denominado canal do esporte, como era conhecida a rede Bandeirantes na época, deixou de lado algum evento esportivo, como um jogo de sinuca do Rui Chapéu, uma luta de boxe do Maguila e transmitiu, sem muito alarde, um dos maiores festivais de musica do mundo e aquela que talvez tenha sido sua melhor edição: O Reading`92!

Seria possível dizer que esse evento esta para a boa musica, como aquele gol que é considerado o mais bonito feito pelo Pelé marcado no estádio do Juventus na rua Javari (bairro da Mooca) em 2 de agosto de 1959, em que ele chapelou tres oponente e marcou. Aquele que todo mundo jura que viu. A diferenca é que aquele Reading tem imagens e sons.

Uma das estrelas daquela constelação que se apresentaram naquele festival, que contava com Ride, Manic Street Preachers, Nirvana, Pavement, Pj Harvey, Smashing Pumpkins entre outros, ainda brilha e cada vez mais perto do que podemos imaginar.

Com ingressos para o show de São Paulo esgotados em menos de um dia, a banda formada na cidade de Glasgow em 1989 e que já foi considerada por Kurt Cobain como “A Melhor Banda do Mundo”, o Teenage Fanclub, se apresenta nessa quarta-feira, dia 11, em São Paulo, na The Week, e na quinta-feira, dia 12, no Rio de Janeiro, no Circo Voador como uma das atrações do 5º Whisky Festival.
Esta será a segunda vinda da banda ao Brasil. Em 2004, eles fizeram uma pequena turnê com cinco shows que passaram por Recife, três noites lotadas em São Paulo e se apresentaram com o Pixies em Curitiba.

O repertorio do show baseia-se em Shadows, ultimo disco lançado pela banda em 2010, mas passeia pelos clássicos espalhados nos dez discos lançados pela banda.
Quem não conseguiu comprar o ingresso o jeito e torcer para que alguma alma caridosa transmita o show pela tv, aberta ou fechada, ou mesmo pela internet.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=-Ow-xyGsukE&playnext=1&list=PL8FE5CC6037985000[/youtube]


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

2 thoughts on “ESTRELAS DE GLASGOW”

  1. Para iniciar quero parabenizá-lo pela matéria do Reading Festival, muito oportuna (e bem lembrada, afinal faz quase 20 anos).Só de olhar para o folder e ler nomes como Nick Cave,Manic Street e PJ Harvey, para citar apenas alguns,tenho quase certeza que foi um dos melhores. Mas, estamos na véspera do show do Teenage Fanclub em SP, como você frisou , e estaremos lá para aproveitar o máximo desta noite que, acredito, será memorável também. Infelizmente ainda não temos no Brasil essa cultura de festivais (pelo menos com rock de qualidade), mas, temos boas iniciativas, como essa do Whisky Festival e algumas outras. Abraços e sucesso em suas matérias.

  2. O problema é os ingressos esgotados, e o show ser só em SP e RJ. O mundo não gira em torno destas duas cidades. Uma pena, pois alguns fãs de verdade do Teenage Fanclub não puderam ir. Tomara que voltem para o Brasil logo (pouco provável), e que passem por mais capitais ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *