Chazinho de Coca

A ausência do bife acebolado!

O tempo que antes me sobrava, agora se tornou um tanto escasso e de certa forma, ele urge. Portanto um breve comentário a respeito das duas partidas que acompanhei mais de perto na noite da ultima quarta-feira.

Palmeiras X Cene:

Um feijão com arroz com uma dose certa de tempero. Um alhozinho, uma cebolinha, mas eu gosto mesmo é da mistura. Cadê o meu bife acebolado, caceta?!?

Ta duro de aturar o Palmeiras com três zagueiros contra times do naipe do Cene, com todo e merecido respeito que o clube merece. Por que raios o Luxemburgo insiste em deixar apenas o Alex Mineiro isolado na frente se é visível a falta de ofensividade do time? Criar eles estão criando, não a toa o time é um dos ponteiros das estatísticas do Paulistão e ontem não foi diferente. Mas falta conclusão, arremate, faltam gols e ontem faltou uma sonora goleada, que era o que qualquer um esperaria de um jogo entre um gigante e um nanico. Sinal de que Diego Souza e principalmente Valdívia estão fazendo a parte que cabe a eles. Então o problema é do Alex Mineiro? Creio que não, ainda que ele não seja o centroavante dos sonhos, está acima de “Eniltons”, “Osmares”, “Gioinos”, “Maxes” e outros que vestiram recentemente a camisa nove que outrora fora de Evair. Não seria caso de arrumar um autêntico companheiro de ataque para ele? Não é hora de apostar em Lenny ou mesmo no Denilson?

No meio, Léo Lima não marca nem a própria sombra, logo sobrecarrega o sensacional Pierre, que não é dois, mas vem se desdobrando para segurar as papagaiadas que estouram em seus pés. Julgo desnecessário um meio tão ofensivo no papel, se quando a bola chega ao ataque, geralmente bate e volta. E é justamente essa volta que corrobora ainda mais com meu ponto de vista contra a escalação de Léo Lima, em detrimento a Martinez, que convenhamos é muito mais bolão do que Léo Lima. E que este cale minha boca me provando o contrário.

Um Palmeiras com Marcos; Elder Granja, Gustavo, Henrique e Leandro; Martinez, Pierre, Diego Souza e Valdívia (jogando mais próximo dos atacantes); Lenny (Denílson) e Alex Mineiro – não doeria nada.

Não é mesmo, Luxa?

Atlético Nacional (COL) X São Paulo:

Um jogo feio, mas um ótimo resultado. O são paulino está muito mal acostumado, chegando ao ponto de ficar p*** da vida com um empate, ainda que na estréia, ainda que fora de casa e ainda que contra o rival mais forte da chave. Menos meus camaradas, menos! O resultado foi 1X1, mas o futebol foi de 0X0.

Rycharlisson acha que virou gênio depois da convocação pra seleção. A zaga não se acertou desde a saída de Breno e o Imperador está longe de justificar a fama toda (eu avisei!). Mas ainda assim, contra tudo e contra todos, ainda credencio o São Paulo como candidatíssimo a disputar com chances reais de conquista, todos os campeonatos que estiver em disputa.

E o que era pra ser um “textículo”, virou uma redação de processo seletivo. Ta louco, não mudo nunca!

Ainda bem que hoje é dia de cerveja 😉

Finalizo aqui, escutando um petardo: Suede – Cant Get Enough


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *