ANALISANDO AS OITAVAS-DE-FINAL DA CHAMPIONS LEAGUE

A Europa tomou conhecimento na última sexta-feira das chaves eliminatórias das oitavas-de-final da atual edição da UEFA Champions League.

E o que haverá a partir de fevereiro é desde duelos Inglaterra-Itália até a possibilidade de azarões avançarem ainda mais no torneio de clubes mais importante do mundo, mas com o Barcelona sempre como a equipe a ser batida.

Sem delongas, vamos aos duelos.

Alguém para o Barça na Champions?

 

Olympique Lyonnais x APOEL

Os cipriotas do APOEL já fizeram história ao passar para as oitavas da UCL no grupo E, aquele com cara de Liga Europa.

O Lyon conseguiu vencer a batalha contra o Ajax pela segunda vaga do grupo D.

Pela tradição dá Lyon. Resta saber o quão surpreendente poderá ainda ser o time de Nicósia.

 

Bayer Leverkusen x Barcelona

Pobre Leverkusen! Levou a pior no sorteio entre os segundos colocados da fase de grupos e restou-lhe o favoritíssimo Barcelona. É bom os alemães se concentrarem na Bundesliga.

 

Zenit x Benfica

Além de deixar para trás e eliminar o poderoso Manchester United, o Benfica levou o primeiro lugar do grupo C e agora pega outro time proveniente do grupo E.

Em condições normais de temperatura e pressão, os portugueses passam, mas há aquela viagem agradabilíssima até São Petersburgo que espera de braços abertos com aquele frio semi-ártico. Aí pode surgir alguma complicação para os lisboetas.

 

Milan x Arsenal

É quase unânime de que se trata do confronto mais equilibrado e tradicional das oitavas.

O Arsenal começou a temporada desastrosamente ao ser goleado pelo Manchester United pela Premier League (8×2). Agora está em recuperação.

Os ingleses eliminaram os italianos na edição 2007-2008 da UCL após empate por 0x0 em Londres e vitória por 2×0 em Milão.

Já o Milan enfrenta o estigma de ter caído nas oitavas-de-final das últimas edições. Desta vez, possui equipe para dar um passo adiante no torneio.

Duelo que também marcará o confronto entre dois grandes atacantes em ótima fase: Zlatan Ibrahimovic e Robin Van Persie.

Pequena vantagem para o Arsenal pelo fato da partida decisiva ser em Londres.

 

CSKA Moscou x Real Madrid

O time de melhor campanha na fase de grupos terá como grande estorvo aquela viagem à gélida Moscou. De resto, não há maiores problemas para o Real Madrid.

 

Napoli x Chelsea

Ainda na série Inglaterra versus Itália, o determinado Napoli terá outro desafio pela frente: o ascendente Chelsea do técnico português André Villas Boas, que dá sinais de que lutará pelo título da Premier League.

O Chelsea tem ligeira vantagem por ter mais bagagem de Champions em tempos recentes e por decidir em casa, mas será difícil.

Atenção ao possível novo reforço do Napoli, Eduardo Vargas, recém campeão da Copa Sul-Americana pela Universidad de Chile.

 

Basel x Bayern Munique

O Bayern liderou soberano o grupo A, bem como a Bundesliga no seu primeiro turno.

O Basel é mais um que, a exemplo do Benfica, deixou para trás o Manchester United.

Os alemães são favoritos.

 

Olympique Marseille x Internazionale

Apesar de ter passado por maus momentos domésticos, a Inter jamais sofreu na fase de grupos da UCL. Agora, parece querer reagir na Série A.

Já o Marseille passou em segundo lugar no complicado grupo F.

É um dos encontros mais imprevisíveis onde a Inter passaria com segurança se somente tradição contasse.

 

Os jogos de ida ocorrem nos dias 14, 15, 21 e 22 de fevereiro e a volta será em 6, 7, 13 e 14 de março.

 


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *