VITÓRIA E FESTA DA LAZIO NO DERBY ROMANO

 

Miroslav Klose. Alegria com o gol nos acréscimos

A vitória de virada conquistada pela equipe da Lazio contra a arquirrival Roma por 2×1 causou comoção em toda a comissão técnica e torcida no Estádio Olímpico da cidade eterna.

 Não foi para menos. Derrota parcial no 1º tempo e virada conquistada nos acréscimos com gol de Miroslav Klose.

 

Klose e a águia de estimação da Lazio

Os bons presságios da águia, animal de estimação símbolo do clube, carregado de forma triunfal pelo estádio, era o prenúncio dos bons ventos que soprariam pelos lados da equipe azul no clássico.

 A Roma começou avassaladora com gol do ítalo-argentino Pablo Osvaldo logo aos 5 minutos de jogo.

 Foram 45 minutos de domínio da equipe do técnico espanhol Luis Enrique.

 Mas, do outro lado, o técnico Edoardo Reja foi presenteado pela diretoria “laziale” com nomes de peso para a temporada. A nova dupla ofensiva do time, com Miroslav Klose e Djibril Cissé, alimentada por José Hernanes, impõe respeito a qualquer equipe.

 E o 2º tempo foi todo da Lazio. Em penalidade duvidosa, Hernanes bateu e empatou. O brasileiro é destaque na Itália.

 Já na Roma, a contratação do espanhol Luis Enrique criou expectativas de tornar o futebol da equipe mais espanhol. Não foi o que se viu na 2ª etapa. Era o mais puro futebol italiano em ação à base do velho conhecido “catenaccio”.

 O castigo veio no final. Matuzalem serve Klose que faz o gol da vitória. Delírio azul no Olímpico.

 

Nocerino, Cassano e Robinho

Quem parece ter se achado foi o Milan. Vitória por 3×0 contra o Palermo no San Siro.

 O retorno de Robinho com gol e boas atuações de Antonio Cassano e Zlatan Ibrahimovic garantiram a vitória milanista.

 Quem voltou a decepcionar e preocupar foi a Internazionale. Derrota de virada por 2×1 para o Catania.

 Derrota inesperada sofreu o Napoli em casa contra o Parma (2×1).

 Entre mortos e feridos, a liderança após sete rodadas fica com a Juventus (12 pontos) que empatou contra o Chievo em Verona.

 Destaque para a classificação embolada na Série A.

 Se líder e vice-líder (Udinese) somam 12 pontos, o Milan, 13º na classificação, está com 8.

 Resumindo, como diria Adenor Tite, “equilíbrio” é a palavra de ordem. Tudo pode acontecer na bota.

 Projetando a vida dos italianos na rodada da Champions League, o Napoli tem compromisso dificílimo contra o Bayern no Estádio San Paolo pelo grupo A. A derrota sofrida contra o Parma pode baixar a moral dos campanholos contra um dos gigantes favoritos do velho continente.

 O Milan fica na obrigação de vencer o BATE Borisov em casa pelo grupo H e evitar que o favoritíssimo Barcelona não escape, além de afastar riscos de eliminação.

E a problemática Internazionale de Claudio Ranieri tem compromisso difícil contra os campeões franceses do Lille na França. Uma derrota pode colocar os interistas fora da zona de classificação e pôr pressão na equipe de Massimo Moratti no returno.

 Agora é ver o que farão os times na terceira rodada da UEFA Champions League, o melhor termômetro do nível técnico das ligas nacionais europeias no momento.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *