acm 0-1 cam

VISITANTES CONFIRMAM FAVORITISMO

Os anfitriões Arsenal e Milan até que tentaram, mas sucumbiram em seus erros e limitações frente a Bayern e Atlético Madrid, respectivamente, no segundo dia de disputa dos jogos de ida das oitavas de final da UEFA Champions League. Se em Milão ainda houve algum reconhecimento pelo esforço milanista, em Londres, o alemão Mesut Özil foi eleito o grande vilão da noite.

 

 

acm 0-1 camAC Milan 0x1 Club Atlético de Madrid

Milão, Itália

 

Mais uma vez o Atlético Madrid de Diego Simeone mostrou eficiência e força e obteve grande resultado em Milão frente ao local Milan que permanece repleto de dificuldades na atual temporada.

Até que o time rossonero esforçou-se para superar as limitações técnicas. Aos 15 minutos, Ricardo Kaká acertou a trave do goleiro belga Thibaut Courtois e, logo em seguida, Andrea Poli perdeu grande oportunidade. Kaká perderia nova chance e Mario Balotelli concluiria para longe da meta a última oportunidade milanista da etapa inicial.

acm 0-1 cam 2Para o 2º tempo, o técnico Diego Simeone teve o mérito de renovar a confiança do Atleti e, ainda que o reinício melhor dos anfitriões, aos poucos, começou a controlar as ações.

Diego Costa mostraria o motivo da grande temporada pessoal ao tentar jogada acrobática conclusiva para fora do gol.

No quarto final do jogo, o controle já era espanhol e, em cobrança de escanteio, Ignazio Abate desviaria a bola de cabeça para a área que caiu na direção do bem colocado e desmarcado Diego Costa para concluir também de cabeça, sem chance para Christian Abbiati.

Ao final, o Milan teve chance única de empate com chute poderoso de Adil Rami que passou rasteiro e próximo à trave.

Vitória do eficiente Atlético Madrid de Diego Simeone que foi definido na Itália como “Rei do Oportunismo”. Poucas chances restam ao limitado Milan, apesar do otimismo de Clarence Seedorf.

Apesar do bom futebol, sobretudo na etapa inicial, parece ficar evidente que o problema do Milan não era o treinador Massimiliano Allegri.

 

Arsenal FC 0x2 FC Bayern

Londres, Inglaterra

 

Partida repleta de emoções no Emirates Stadium de Londres com duas penalidades não convertidas, porém decisivas para os rumos do placar.

afc 0-2 fcbJack Wilshere lançou Mesut Özil que foi derrubado pelo companheiro de Seleção Alemã, Jerome Boateng. O próprio Özil cobrou e Manuel Neuer defendeu sem grande esforço. Cobrança ruim do alemão do Arsenal que serviu para elevar o tom das críticas em relação a seu desempenho e condições técnicas e físicas na equipe inglesa.

Mais adiante, outra penalidade, agora cometida pelo goleiro polonês Wojciech Szczesny sobre Arjen Robben. Lance que fez com que o árbitro italiano Nicola Rizzoli expulsasse o arqueiro Gunner, tornando a partida quase invencível para os anfitriões com dez homens em campo. David Alaba perderia a oportunidade de converter.

afc 0-2 fcb 3Na 2ª etapa, o Arsenal apenas viu os comandados de Josep Guardiola tocarem a bola e tramarem as ações.

Tamanha posse de bola transformou-se em gol aos 53 minutos com potente e preciso chute de Toni Kroos.

Ao final, os atuais campeões europeus e mundiais tornariam a situação do Arsenal ainda pior com gol de Thomas Muller aos 87 minutos.

Tal foi o êxito bávaro que Guardiola deu-se ao luxo de manter importantes jogadores como Bastian Schweinsteiger no banco de reservas.

Já no pós-jogo, o técnico do Arsenal, Arsene Wenger, afirmaria que a arbitragem “matou o jogo”, referindo-se à expulsão de Szczesny. Contudo, Wenger também teve que dar explicações sobre a escalação do jovem atacante francês Yaya Sanogo (22 anos) ao lado de Alex Oxlade-Chamberlain em detrimento do mais experiente Olivier Giroud. De fato, Sanogo teve atuação apagada e as críticas em Londres também foram direcionadas à decisão do comando técnico.

Agora os Gunners agarram-se à vitória por 0x2 obtida em Munique na edição passada da UCL como forma de manter acesa a chama da esperança de classificação às quartas de final, porém a questão é saber se o Bayern concederá novamente tal brecha para tão grande desespero de causa.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *