EURO – GRUPO D: THEO WALCOTT SALVA A INGLATERRA

UCRÂNIA 0x2 FRANÇA

Donets’k, Ucrânia

 

Apesar da boa atuação no 1º tempo e nova exibição de talento de seu maior ídolo, o veterano Andriy Shevchenko, a co-anfitriã não resistiu à superioridade técnica francesa que, em apenas três minutos, liquidou a partida em Donets’k, Ucrânia.

 

Blanc e Sheva

Resistir à pressão da torcida local, sem mencionar a motivação do craque da equipe da casa às vésperas da aposentaria e vencer o jogo no 2º tempo. Nada mal para uma seleção francesa reconstruída do nada pós-fiasco de 2010.

Foi mais um capítulo do renascimento da França sob a batuta do técnico Laurent Blanc.

E os “Bleus” tiveram que suportar pressão da Ucrânia no 1º tempo, principalmente graças ao talento de Shevchenko que provou mais uma vez ser grande craque. Deixará saudades.

Tudo isso após paralisação forçada do jogo devido a temporal que caiu sobre a cidade de Donets’k.

 

Sheva e a bola: deixará saudades.

Mais tarde, o técnico ucraniano Oleg Blokhin falaria sobre a melhor adaptação dos franceses ao gramado pesado do estádio.

Na 2ª etapa, a França liquidaria a partida em três minutos com gols de Jeremy Menez aos 8 e Yohan Cabaye aos 11 minutos.

A Ucrânia não ameaçaria mais a vitória francesa.

 

SUÉCIA 2×3 INGLATERRA

Kiev, Ucrânia

 

Theo Walcott saiu do banco de reservas para tirar a Inglaterra do atoleiro após sair na frente da Suécia, levar a virada e buscar o empate e a vitória final por 3×2 em Kiev, Ucrânia.

 

Virada inglesa em Kiev

Os ingleses entraram com maior volume ofensivo e saíram na frente aproveitando-se do fraco jogo aéreo defensivo sueco quando Steven Gerrard acertou belo passe longo com Andy Carroll acertando belo cabeceio.

A Suécia traria emoção ao jogo no 2º tempo. Em rebote de falta, Olof Mellberg chutou de esquerda e Glen Johnson fez contra.

O desespero tomaria conta dos ingleses quando o próprio Mellberg anotou o segundo gol sueco 10 minutos mais tarde.

Roy Hodgson teve o mérito de agir rapidamente. Promoveu a entrada de Theo Walcott no lugar de James Milner.

O jogador do Arsenal empataria aos 64 minutos com voleio em rebote após escanteio.

Aos 78 minutos, Walcott novamente faria a diferença ao passar por dois marcadores e servir Danny Welbeck.

Era a vitória inglesa obtida graças à alteração de Hodginson e ao futebol decisivo de Walcott.

Agora, a França lidera o grupo com 4 pontos, a Inglaterra, também com 4 pontos, está em segundo, a Ucrânia segue de perto em terceiro com 3 e a Suécia fica sem pontos.

A rodada final do grupo D terá Inglaterra x Ucrânia e Suécia x França.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *