EURO – GRUPO C: ESPANHA IMPLACÁVEL. ITÁLIA, A MESMA DE SEMPRE

ITÁLIA 1×1 CROÁCIA

Poznan, Polônia

 

Após bom empate contra a Espanha na estreia, a Seleção Italiana falhou e deixou escapar vitória contra a Croácia em Poznan, Polônia.

Disputa feroz pela bola entre italianos e croatas

Fazendo bom 1º tempo, os italianos dominaram as ações tendo sempre como maestro o meia Andrea Pirlo da Juventus.

De fato, foram várias chances criadas pela Azzurra nos primeiros 45 minutos de jogo.

Mas, o gol chegaria somente em lance de bola parada através de cobrança de falta de Pirlo. O goleiro Stipe Pletlkosa ainda voou na bola tentando interceptá-la, mas era tarde demais. Itália na frente.

O gol abria perspectiva de vitória para o time de Cesare Prandelli.

Impressão que ficou no 1×0 parcial.

Na 2ª etapa, os croatas, após sofrerem pressão, começaram a gostar do jogo e criaram oportunidades. O empate amadurecia.

E ele veio após cruzamento na área concluído com chute de Mario Mandzukic e falha na marcação de Giorgio Chiellini que não acompanhou de perto o autor do gol croata.

Resultado ruim para a Itália que teve todas as oportunidades de liquidar o jogo ainda no 1º tempo. Nada de muito diferente do que acontece com a Azzurra em Copas do Mundo e Eurocopas. Ao melhor estilo melodrama, sempre mergulhada no limite do perigo e do sufoco.

 

ESPANHA 4×0 IRLANDA

Gdansk, Polônia

 

Com ótima atuação de Fernando Torres, os atuais campeões europeus e do mundo não tomam conhecimento e provocam a primeira eliminação do Euro. Irlanda fora.

Fernando Torres foi destaque espanhol contra a Irlanda

A Espanha não deixou a Irlanda respirar desde o início. Prova foi o gol inaugural de Torres marcado logo aos 4 minutos de jogo.

Xabi Alonso e Xavi controlavam completamente o meio de campo e o Citizen David Silva à frente dava mais dinâmica aos campeões.

Resultado dos arranjos de Vicente Del Bosque: total posse de bola e pressão na saída de jogo irlandesa.

Não havia nada que Giovanni Trapattoni poderia fazer. Faltava-lhe qualidade para poder trabalhar.

Ainda assim, os irlandeses conseguiam levar a partida em 1×0 até o final do 1º tempo.

Mas, sem ilusões, David Silva trataria de ampliar aos 4 minutos da 2ª etapa.

Mais tarde, Torres faria belo gol e, no final, Césc Fábregas finalizaria os 4×0 com chute cruzado potente.

A Espanha relembrou o continente a respeito de seu poder de fogo.

Agora a Espanha lidera com 4 pontos, a Croácia também foi a 4 pontos, a Itália fica com 2 e a Irlanda está sem pontos.

Na rodada final, Itália x Irlanda com obrigação de boa vitória para a Itália e Espanha x Croácia.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *