CITIZENS À BEIRA DE NOVO COLAPSO NA CHAMPIONS

O Manchester City vai a Amsterdã, sofre derrota de virada para o Ajax e complica-se no Grupo D, podendo agora repetir fiasco da temporada passada na UEFA Champions League quando foi eliminado na fase de grupos na competição europeia de clubes.

 

Roberto Mancini, técnico do Manchester City, desolado em Amsterdã

GRUPO D:

Ajax FC 3×1 Manchester City FC

Amsterdã, Holanda

A repetição do pesadelo da última temporada, que já se ensaiava, parece estar prestes a se concretizar para o atual campeão inglês.

Bem que o Manchester City iniciou a partida contra o Ajax com determinação. Samir Nasri abriria o marcador aos 21 minutos de jogo. Algo de promissor quando se joga como visitante no chamado grupo da morte.

Contudo, os Citizens sofreriam decepcionante revés no final do 1º tempo quando Siem de Jong empatou para os anfitriões.

Na 2ª etapa, os holandeses alcançariam a virada com gols de Niklas Moisander e Christian Eriksen para encerrar o placar em 3×1 para o Ajax.

Ajax 3×1 Manchester City

A Champions League parece revelar percalços inesperados para os chamados novos ricos do futebol.

O Manchester City ensaia seguir os passos de seu conterrâneo Chelsea que, apesar de todo o aporte financeiro recebido, atingiu seu máximo objetivo internacional somente na temporada 2011-2012 ao conquistar a própria UCL.

Moral da história, não basta apenas muito dinheiro para contratar e vencer de forma imediata. Torneios internacionais de alto nível, como a UCL, requerem certa expertise na arte de dominá-los.

O City estaciona com seu único ponto na lanterna do Grupo D e terá que vencer seus três jogos restantes para, talvez, conseguir uma das vagas para a próxima fase. Boa sorte aos Citizens.

 

Borussia Dortmund 2×1 Real Madrid

Dortmund, Alemanha

Da água para o vinho. Eis a melhor descrição para diferenciar o comportamento do campeão alemão Borussia Dortmund entre a derrota sofrida no último sábado frente ao Schalke 04 em partida válida pela Bundesliga e a vitória sobre seu correspondente espanhol, o Real Madrid, nesta quarta-feira.

Borussia Dortmund 2×1 Real Madrid

Os prodígios da vitória do Dortmund podem ser ainda mais exaltados pelo peso do adversário, com elenco teoricamente superior e, ainda assim, ter mostrado superioridade e maior iniciativa em campo.

Robert Lewandowski abriu o placar aos 35 minutos, mas Cristiano Ronaldo, encobrindo o goleiro Roman Weldenfeller após contra-ataque, esfriou os ânimos do Signal Iduna Park dois minutos mais tarde.

Na 2ª etapa, o Dortmund continuou a ter maior iniciativa ofensiva com o Madrid tendo apenas lampejos de agressividade alternados com preocupações defensivas.

Aos 18 minutos, em chute cruzado, Marcel Schmilzer desempatou para o lado alemão.

Daí em diante, o Madrid se lançou ao ataque, mas sem efetividade.

Cristiano Ronaldo marcou com categoria para o Madrid, mas não evitou derrota na Alemanha

Grande vitória do Borussia Dortmund, líder do grupo e o martírio do Real Madrid frente a adversários alemães parece não ter fim.

Classificação:

 

Casa

Fora

Total

 

 

Clubes

J

V

X

D

V

X

D

V

X

D

GM

GS

DG

Pts

1  Borussia Dortmund 3 2 0 0 0 1 0 2 1 0 4 2 2 7
2  Real Madrid CF 3 1 0 0 1 0 1 2 0 1 8 5 3 6
3  AFC Ajax 3 1 0 1 0 0 1 1 0 2 4 6 -2 3
4  Manchester City FC 3 0 1 0 0 0 2 0 1 2 4 7 -3 1

 

 

GRUPO A:

FC Porto 3×2 Dynamo Kiev

Porto, Portugal

O colombiano Jackson Martínez marca duas vezes e assegura vitória e campanha perfeita do Porto no Grupo A contra o persistente Dynamo Kiev ucraniano que empatou a partida por duas oportunidades até ceder a derrota.

 

Dinamo Zagreb 0x2 Paris Saint Germain

Zagreb, Croácia

Menos de 10 mil fãs foram ao Estádio Maksimir para empurrar o fraco Dinamo Zagreb contra o novo rico PSG.

Tamanha diferença curricular havia que refletir em campo e os parisienses asseguraram vitória com gols no 1º tempo de Zlatan Ibrahimovic e Jeremy Menez.

Vitória do PSG que representa recuperação depois de derrota frente ao Porto na rodada anterior.

Classificação:

 

 

Casa

Fora

Total

 

 

Clubes

J

V

X

D

V

X

D

V

X

D

GM

GS

DG

Pts

1  FC Porto 3 2 0 0 1 0 0 3 0 0 6 2 4 9
2  Paris Saint-Germain FC 3 1 0 0 1 0 1 2 0 1 6 2 4 6
3  FC Dynamo Kyiv 3 1 0 0 0 0 2 1 0 2 5 7 -2 3
4  GNK Dinamo Zagreb 3 0 0 2 0 0 1 0 0 3 0 6 -6 0

 

 

 

GRUPO B:

Arsenal FC 0x2 Schalke 04

Londres, Inglaterra

Os comandados de Arsene Wenger foram a campo e sofreram revés contra o Schalke 04 alemão completando a noite negativa dos ingleses na Champions.

Os gols do Schalke 04 vieram no quarto final do jogo com Klaas Jun Huntelaar e Ibrahim Affelay em noite ruim dos Gunners.

 

Montpellier HSC 1×2 Olympiacos

Montpellier, França

Gol nos acréscimos derruba os campeões franceses do Montpellier que sofreram virada em casa contra o Olympiacos.

Konstantinos Mitroglou marcou no final e empurrou os franceses para a lanterna do grupo.

Classificação:

 

 

Casa

Fora

Total

 

 

Clubes

J

V

X

D

V

X

D

V

X

D

GM

GS

DG

Pts

1  FC Schalke 04 3 0 1 0 2 0 0 2 1 0 6 3 3 7
2  Arsenal FC 3 1 0 1 1 0 0 2 0 1 5 4 1 6
3  Olympiacos FC 3 0 0 1 1 0 1 1 0 2 4 6 -2 3
4  Montpellier Hérault SC 3 0 0 2 0 1 0 0 1 2 4 6 -2 1

 

 

GRUPO C:

Zenit 1×0 Anderlecht

St. Petersburg, Rússia

Gol de pênalti de Aleksandr Kerzhakov salvou os locais de atuação inconvincente frente ao Anderlecht da Bélgica.

Resultado que acabou sendo bom para o Milan na classificação.

 

Málaga 1×0 Milan

Málaga, Espanha

Joaquin Sánchez manteve campanha perfeita dos estreantes em UCL do Málaga ao marcar aos 18 minutos do 2º tempo.

Málaga 1×0 Milan

Contando com jogadores com Javier Saviola e Roque Santa Cruz em seus quadros, o Málaga tem feito boa campanha também na Liga Espanhola.

Já o Milan continua a pagar o preço do desmanche promovido e do período de entressafra comum às equipes que atravessam momento de renovação. Depositar todas as esperanças em jovens como Stephan El-Shaarawy é pouco.

Para piorar, além da saída de estrelas, outros jogadores importantes ou caíram vertiginosamente de produção como Kevin Prince Boateng, ou vivem lesionados como Alexandre Pato (que entrou em jogo no 2º tempo em Málaga), ou ainda não gozam de unanimidade no time principal como Robinho.

Ainda mais grave é a medíocre 15ª colocação que o Rossonero amarga na Serie A italiana.

Tudo isso coloca o futuro de Massimiliano Allegri em xeque no comando técnico da equipe.

Dentro deste cenário, tradições à parte, a vitória do Málaga era dada como certa.

De positivo para os milanistas apenas a manutenção da vice-liderança do grupo graças a combinação de resultados.

Classificação:

 

 

Casa

Fora

Total

 

 

Clubes

J

V

X

D

V

X

D

V

X

D

GM

GS

DG

Pts

1  Málaga CF 3 2 0 0 1 0 0 3 0 0 7 0 7 9
2  AC Milan 3 0 1 0 1 0 1 1 1 1 3 3 0 4
3  FC Zenit St Petersburg 3 1 0 1 0 0 1 1 0 2 3 6 -3 3
4  RSC Anderlecht 3 0 0 1 0 1 1 0 1 2 0 4 -4 1

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *