Chazinho de Coca: Marcos – Para sempre palestrino!

Marcos – Para sempre palestrino!

Que “São” Marcos de Palestra Itália é um dos maiores ídolos palmeirenses de todos os tempos, isso não resta dúvida. Mas agora é oficial! Na manhã desse sábado, ele ganhou o título de sócio remido da Sociedade dos Eternos Palestrinos, grupo dos sócios vitalícios do Verdão, assim como o divino Ademir Da Guia e Oberdan Catani. Emocionado, Marcos comentou sobre a homenagem:
– Estou muito emocionado. Esse tipo de coisa não tem preço. Sou muito grato à diretoria, que sempre teve muito carinho comigo – destacou o camisa 12.
– Para mim, isso é maravilhoso. Fico extremamente agradecido pelo carinho da diretoria. Só tenho o que agradecer – completou.
Marcos é um cara único! Um dos últimos jogadores no Brasil que ostentam dignamente a condição de ídolo, ao lado de Rogério Ceni no São Paulo e (quem sabe) Edmundo no Palmeiras e no Vasco. Mais do que isso, Marcos é ídolo de todas as torcidas. Boa pessoa, homem de caráter, contagiante, simpático, articulado e pródigo em defesas miraculosas, tornando-se um gênio em sua profissão. Conquistou a condição de ídolo máximo no Palmeiras em 1999, quando foi o fator de desequilíbrio do time campeão da Libertadores, entrando para história como o único goleiro eleito o melhor jogador de uma edição de Libertadores. Depois disso solidificou ainda mais sua condição em 2000, quando voltou a ser destaque no vice-campeonato da competição continental e foi protagonista de um dos momentos mais marcantes da história moderna da bola, quando defendeu o pênalti cobrado pro Marcelinho Carioca e com isso eliminando mais uma vez o maior rival.
Só que Marcos já mostrava seu enorme potencial em 1996, quando assumiu provisoriamente a titularidade do gol palmeirense, no lugar de Velloso, que tinha se contundido. Na mesma época, ainda sob a condição de reserva de Velloso, Marcos foi convocado pela primeira vez para a seleção brasileira. Aliás, sua relação com a seleção brasileira também merece um comentário.
Se em 1996 ele começou a se destacar no Palmeiras, em 1999 ele tornou-se ídolo e em 2000 fixou seu nome na eternidade palestrina, em 2002, sendo o titular absoluto da seleção de Felipão e melhor goleiro da Copa do Mundo, dividindo com Ronaldo e Rivaldo, a condição de destaque da seleção pentacampeã, tornava-se ele um ídolo nacional, de todas as torcidas.
Não é raro Marcos receber elogios de torcedores adversários. Afinal, quem não queria ter um Marcos no seu time?
No ano de 2003 deu uma demonstração máxima de amor ao clube, negando uma proposta milionária do Arsenal da Inglaterra, para ajudar o Palmeiras a se reerguer de seu maior fiasco histórico, a queda para a segunda divisão. E lá estava ele, o melhor goleiro do Brasil, único condecorado melhor de uma libertadores, pentacampeão mundial, jogando em “arenas” nas áreas mais remotas do país, arrastando também com sua condição de ídolo nacional, multidões para acompanhar os jogos do Palmeiras na série B. Ao final da temporada, pode de cabeça erguida, orgulhar-se do lindo trabalho feito ao lado de seus companheiros e tendo assim, trazido o time de volta ao lugar de onde nunca deveria ter saído.
Depois disso muitos foram os problemas do goleirão herói. Seguidas contusões o fizeram analisar a possibilidade de aposentadoria. O surgimento do ótimo Diego Cavalieri chegou a colocar em xeque a importância de Marcos no elenco.
Mas contra tudo isso, ele venceu e hoje está aí, retornando aos bons tempos e mostrando que, para felicidade dos torcedores alviverdes, para o terror dos atacantes adversários e prazer dos apreciadores do esporte mais amado por todos nós, a muralha ainda está de pé.
obs: imagem e citação de marcos extraídas do site do “LANCE!”: http://www.lancenet.com.br/
Interpol no Brasil

Quem vai? Quem já comprou? Não tenho tempo e saco pra ir até a Via Funchal comprar a maravilha. Alguém quer me vender uma entrada? Pago as cervejas no dia do show, além do dinheiro da devida, lógico! É amigo, num é bolinho não.

Por hora, fecho minha extensa coluna com uma sonzeira da rapaziada marota que vem para o Brasil agora em março: Interpol – Obstacle 1
Cheers!

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *