Arquivo da tag: Playoffs

MANDANTES NO COMANDO.

Chicago Bulls v Brooklyn Nets

Olá meu caros Ferozes, os Playoffs começaram e como previsto não tivemos muitas surpresas nos resultados dos primeiros jogos.

Boston Celtics 75 x 85 New York Knicks.
Apesar do ótimo começo da equipe de Boston e com a superação que os jogadores vem demostrando ainda é nítido a falta que o armador Rajon Rondo faz a equipe. E além disso os Celtics não contariam que Carmelo Anthony estaria “on Fire” na partida. A partida esteve equilibrada durante os 3 primeiros quartos, porém no últimos os Celtas conseguiram somente marcar 8 pontos contra 18 dos nova iorquinos. Porém nem tudo está perdido, se os Celtas conseguirem empatar a série no próximo jogo ainda há uma luz no fim do túnel.
Destaque positivo pelos Celtas foi Jeff Green que anotou 26 pontos e pegou 7 rebotes. Já pelos Knicks foi mesmo Carmelo que foi o cara na partida, fez 36 pontos e 6 rebotes.

Golden State Warriors 95 x 97 Denver Nuggets.
Para mim foi o jogo mais emocionante deste fim de semana. E tudo indicava que este duelo prometia ser o mais emocionante da 1º rodada dos playoffs. Prometia porque o ala David Lee do Golden State teve uma lesão no quadril durante a partida e está fora da temporada. Uma pena pois o cara estava jogando muito e vinha sendo peça fundamental dos Warriors. Com isso, acredito que os Nuggets fechem a série em 4-1.
Destaque pelo Warriors foi Thompson que anotou 22 pontos. Não achei que Stephen Curry fez uma boa partida, apesar de seus números mostrarem 19 pontos e 9 assistências o armador só começou a engrenar no 2º tempo. Acertou apenas 4 de 10 bolas de três pontos.
Pelo Nuggets o destaque foi André Miller com 28 pontos e a cesta da vitória.

Chicago Bulls 89 x 106 Brooklyn Nets
Fiquei decepcionado com a performance de Chicago, achei que seria um dos duelos mais equilibrados. Os Nets dominaram a partida e Deron Williams fez um puta partida, o que me impressionou porque eu nunca havia visto como um jogador acima da média.

Destaque do Bulls foi Derrick Rose no banco que pelo visto não irá voltar nesta temporada mesmo.

Pelos Nets Deron Williams anotou 22 pontos e distribuiu 7 assistências.

Memphis Grizzlies 91 x 112 Los Angeles Clippers.
Chris Paul comandou a partida e praticamente não deu chances para os Grizzlies, mas mesmo assim não garanto que os Clippers terão uma vida fácil nesta série.
Destaque pelo Memphis foi J. Bayless que venho do banco e anotou 19 pontos.

Pelos Clippers, Chris Paul com 23 e 7 assistências. Já Lamar Odom, cada vez mais no migué, jogou 18 minutos e fez somente 4 pontos.

Atlanta Hawks 90 x 117 Indiana Pacers.
Olhem que curioso, Paul George fez seu primeiro triple-double nos playoffs de sua carreira (11 rebotes, 12 assistências e 23 pontos). O que parece muito bom na verdade foi estranho, de seus 23 pontos 17 são de lances livres. Paul acertou somente 3 chutes em 13 tentativas, sendo que foram 5 da linha de três a não converteu nenhum.
Mesmo assim o Indiana dominou a partida e liderou o tempo todo.

Pelo Hawks Jeff Teague fez 21 pontos e distribuiu 7 assistências. Agora resta saber quando o banco do Hawks irá começar a jogar.

Los Angeles Lakers 79 x 91 San Antonio Spurs.
Os Lakers foram outros que nem viram a liderança do placar. A dupla Gasol e D12 combinaram bons numeros (36 pontos e 31 rebotes). Steve Nash voltou e fez 16 pontos e Steve Blake como titular fez 12 pontos. Porém o banco angelino foi péssimo, Jamison fez 6 pontos, Meeks fez 4 e Earl Clark nenhum. Afff.

Pelo Spurs Tim Duncan e Tony Parker foram os destaques, assim como Manu Ginobili que voltou a atuar e anotou 18 pontos.

O Lakers vai ter que brigar muito mais se não quiser ser varrido nesta série.

Milwaukee Bucks 87 X 110 Miami Heat.
A dupla do Bucks Monta Ellis e Brandon Jennings somaram 48 pontos, porém só eles jogaram também porque o ninguém mais da equipe anotou mais que 10 pontos.

No outro lado quase vimos outro triple-double de LeBron James que anotou 27 pontos, 10 rebotes e 8 assistências. Destaque também para Ray Allen que anotou 20 pontos.

Acredito que o Heat varrem os Bucks fácil fácil nesta série.
Milwaukee Bucks v Miami Heat - Game One

 
Houston Rockets 91 x 120 Oklahoma City Thunder.
Com toda a expectativa de vermos James Harden atuando contra seu antigo time nos playoffs só tenho uma uma coisa a dizer sobre os Rockets. “Sentiram a pressão”.
Vejamos os números:
Parsons anotou 9 pontos. Converteu somente uma bola de três em cinco tentativas e três bolas de dois pontos em seis tentativas.
Jeremy Lin acertou somente UM chute e terminou com 4 pontos. E o “armador” da equipe distribuiu 4 assistências.
James Harden fez 20 pontos, porém acertou seis bolas em 19 tentativas.

Com tanto vacilo da equipe dos Rockets o Thunder aproveitou e deu uma sacolada. Destaque para Durant que fez 24 pontos e Westbrook com 19.

Assim como o Chicago é bom o Rockets esquecer essa primeira partida e partir com um folego totalmente diferente para o jogo 2.

É isso ae Ferozes, os Playoffs estão apenas começando e teremos ainda muita emoção para comentarmos.

See ya.

 

A nova função do Kobe Bryant

Depois de passar vergonha em boa parte da temporada, parece que o Los Angeles Lakers finalmente se acertou. Com Pau Gasol vindo do banco de reservas e Dwight Howard parando de reclamar por não receber a bola em toda jogada ofensiva, o time angelino embalou três vitórias seguidas contra adversários fortes e, acima de tudo, demonstrando um jogo coletivo.

Apesar de ter citado acima duas mudanças feitas pelo técnico Mike D’Antoni nos últimos jogos, a chave para as vitórias do Lakers foi outra: a participação de Kobe Bryant. O camisa 24 parece que finalmente acordou e percebeu que se o time continuasse do jeito que estava não teria a menor chances de brigar por uma vaga nos playoffs.

Conhecido por ser fominha e querer chutar todas as bolas de qualquer lugar da quadra, Kobe tem mudado seu estilo de jogo em prol do time. No melhor estilo Magic Johnson, o “Black Mamba” passou a envolver seus companheiros de time no jogo e distribuir a bola para aqueles que têm melhores condições de fazer a cesta. Além de participar de forma intensa do jogo defensivo.

Kobe Bryant deixou de ser fominha e passou a distribuir mais a bola

Na última sexta-feira (25/1) na vitória do Lakers sobre o Utah Jazz por 102 a 84, o ala-armador marcou apenas 14 pontos, mas distribuiu 14 assistências, pegou nove rebotes (todos defensivos), roubou três bolas e aplicou um toco. Dois dias depois, na vitória de 105 a 96 contra o poderoso Oklahoma City Thunder, o camisa 24 do Lakers distribuiu as mesmas 14 assistências, pegou os mesmos nove rebotes (todos defensivos, novamente), só que dessa vez marcou 21 pontos. O mesmo aconteceu na vitória sobre de 111 a 106 na noite de ontem (29/1) sobre New Orleans Hornets, quando Kobe marcou 14 pontos, distribuiu 11 assistências e pegou oito rebotes. Vamos ver qual será o retrospecto do time angelino nas próximas partidas.

Com 20 vitórias e 25 derrotas, o Lakers ocupa hoje a décima posição na conferência Oeste e estaria fora dos Playoffs. A situação é ainda mais complicada, pois o Houston Rockets, oitava colocado, tem 25 vitórias e 22 derrotas. Ou seja, se o time de Mike D’Antoni quiser alcançar a pós-temporada terá que suar muito, mas as chances são grandes. Principalmente se manter o mesmo estilo de jogo apresentado nas últimas partidas.

Não quero dizer que o Lakers irá atropelar todo mundo e irá alcançar os Playoffs, mas é claro que o fato de ter um time recheado de estrelas e ser reconhecido historicamente por ser uma franquia de chegada e de tradição, pode pesar. Ou você arrisca duvidar de uma equipe que possui 16 títulos da NBA e tem no plantel jogadores do porte de Pau Gasol, Steve Nash, Dwight Howard e Kobe Bryant?