Arquivo da tag: Marek Hamsik

BAYERN RETOMA HEGEMONIA ALEMÃ

Ao menos por ora, o Bayern de Munique é soberano na Bundesliga alemã após seis rodadas disputadas.

Bayern obtém vitória em Bremen com dois gols no final

Depois de temporada claudicante com título do rival Borussia Dortmund e sofrida derrota para o Chelsea em casa na final da UEFA Champions League, os bávaros parecem determinados a recuperar o domínio alemão perdido, além de também mostrarem concentração no início do torneio europeu de clubes.

Neste final de semana, a equipe de Munique foi a Bremen e, quando parecia que a partida encaminhava-se para o 0x0, Luiz Gustavo e Mario Mandzukic marcaram no final, mantendo o time com 100% de aproveitamento na temporada.

A agradável surpresa fica por conta do Eintracht Frankfurt que mantém o ritmo forte e não permite o descolamento do Bayern na tabela. A equipe do centro financeiro alemão recebeu o Freiburg e venceu por 2×1, mantendo-se na vice-liderança da Bundesliga.

Os campeões do Borussia Dortmund mostram sinais de reação ao aplicarem goleada de 5×0 no Borussia Mönchengladbach, mas ficam a 7 pontos do líder.

E o popular Schalke 04 foi a Dusseldorf e empatou com a equipe local do Fortuna por 2×2.

Resultados e classificação:

Fortuna Dusseldorf 2×2 Schalke 04

Bayern Leverkusen 2×0 Greuther Fürth

WerderBremen0x2 Bayern Munique

Nüremberg 0x2Stuttgart

TSG Hoffenheim 0x0 FC Augsburg

Hamburgo 1×0 Hannover 96

 Borussia Dortmund 5×0 Borussia Mönchengladbach

Eintracht Frankfurt 2x1Freiburg

Wolfsburg0x2Mainz

 

Times

P

J

V

E

D

GP

GC

SG

%

1   Bayern de Munique   18 6 6 0 0 19 2 17 100
2   Eintracht Frankfurt   16 6 5 1 0 16 8 8 88
3   Borussia Dortmund   11 6 3 2 1 16 8 8 61
4   Schalke 04   11 6 3 2 1 12 7 5 61
5   Hannover 96   10 6 3 1 2 14 9 5 55
6   Fortuna Düsseldorf   10 6 2 4 0 6 2 4 55
7   Bayer Leverkusen   10 6 3 1 2 9 7 2 55
8   Werder Bremen   7 6 2 1 3 9 10 -1 38
9   Hoffenheim   7 6 2 1 3 10 12 -2 38
10   Hamburgo   7 6 2 1 3 8 10 -2 38
11   Mainz 05   7 6 2 1 3 6 8 -2 38
12   Nuremberg   7 6 2 1 3 7 11 -4 38
13   Borussia M´gladbach   6 6 1 3 2 7 12 -5 33
14   Freiburg   5 6 1 2 3 8 10 -2 27
15   Stuttgart   5 6 1 2 3 5 12 -7 27
16   Wolfsburg   5 6 1 2 3 2 10 -8 27
17   Greuther Fürth   4 6 1 1 4 2 10 -8 22
18   Augusburg   2 6 0 2 4 2 10 -8 11

 

 

Serie A – Juventus sobra no clássico, mas Napoli persegue na classificação

 

A Juventus, único motivo de orgulho e esperança para o atual futebol italiano, foi demais para a Roma do técnico Zdenek Zeman.

Andrea Pirlo, o maestro da Juventus e da Seleção Italiana

Jogando no Juventus Stadium de Turim, a equipe local, comandada pelo maestro Andrea Pirlo, já vencia os gialorossi por 3×0 com 20 minutos de partida. Quando a Roma acordou para a vida já era tarde demais.

Nem mesmo o gol de pênalti de Pablo Osvaldo para os visitantes foi suficiente para levantar os ânimos. No final Sebastian Giovinco ainda completaria os 4×1 a favor da Juve.

O trabalho de Zeman é contestado, assim como a atuação de Leandro Castán na partida. Já a Juventus tem fator moral aditivado para a rodada vindoura da Champions League.

Mas que a Juve não se engane. O Napoli segue firme na perseguição. Desta vez, a equipe campagnola foi a Gênova e derrotou a Sampdoria por 1×0 com grandes atuações de Edinson Cavani e Marek Hamsik. É sempre bom ver as equipes meridionais italianas fazendo frente às tradicionais agremiações do norte.

A Internazionale já ocupa lugar honroso na tabela ao derrotar a Fiorentina por 2×1 em Milão. No entanto, o Milan ainda mostra suas fraquezas no período de entressafra que atravessa ao apenas empatar com o Parma em 1×1. Destaque para a boa atuação do faraó Stephan El Shaarawy.

Resultados e classificação:

Parma 1×1 Milan

Juventus 4×1 Roma

Udinese 0x0 Genoa

Atalanta 1×5 Torino

Bologna 4×0 Catania

Cagliari 1×2 Pescara

Lazio 2×1 Siena

Palermo 4×1 Chievo

Sampdoria 0x1 Napoli

Internazionale 2×1 Fiorentina

 

Times

P

J

V

E

D

GP

GC

SG

%

1   Juventus   16 6 5 1 0 15 3 12 88
2   Napoli   16 6 5 1 0 12 2 10 88
3   Inter de Milão   12 6 4 0 2 10 6 4 66
4   Lazio   12 6 4 0 2 9 6 3 66
5   Sampdoria   10 6 3 2 1 8 6 2 55
6   Torino   8 6 2 3 1 9 4 5 44
7   Roma   8 6 2 2 2 12 11 1 44
8   Fiorentina   8 6 2 2 2 7 6 1 44
9   Genoa   8 6 2 2 2 7 7 0 44
10   Catania   8 6 2 2 2 7 11 -4 44
11   Milan   7 6 2 1 3 7 6 1 38
12   Bologna   7 6 2 1 3 9 9 0 38
13   Pescara   7 6 2 1 3 6 11 -5 38
14   Parma   6 6 1 3 2 6 8 -2 33
15   Udinese   6 6 1 3 2 6 9 -3 33
16   Atalanta   5 6 2 1 3 5 9 -4 27
17   Palermo   4 6 1 1 4 5 10 -5 22
18   Chievo   3 6 1 0 5 4 13 -9 16
19   Siena   2 6 2 2 2 7 6 1 11
20   Cagliari   2 6 0 2 4 3 11 -8 11

 

 

Ligue 1 – Olympique Marseille perde e vê PSG se aproximar

 

Na 7ª rodada da Ligue 1 francesa, o destaque ficou por conta da derrota do líder Olympique Marseille por 4×1 fora de casa contra o Valenciennes FC. Derrota que também marcou a perda da invencibilidade do Marseille na temporada, além de proporcionar a aproximação do Paris Saint Germain na classificação. O ponto tragicômico da partida ficou por conta do goleiro Steven Mandanda do OM ao errar reposição de bola com as mãos e proporcionar o terceiro gol dos anfitriões. Confira.

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=_hRqfuS_Td4[/youtube]

 

O badalado PSG recebeu o Sochaux e marcou 2×0 com gols de Kevin Gameiro. Foi a primeira partida do PSG em que não houve participação de Zlatan Ibrahimovic em pelo menos um dos gols da equipe.

Kevin Gameiro marcou os dois gols do PSG

Os atuais campeões do Montpellier tentam se recuperar. Venceram o AS Nancy Lorraine por 2×0 fora de casa, mas ainda estão distantes dos líderes na classificação.

Já o Lyon, outro perseguidor do líder, falhou na rodada e foi derrotado em casa pelo Bordeaux por 2×0.

Resultados e classificação:

Stade Rennais FC 2×0 Lille OSC

ParisSaint Germain 2×0 Sochaux

AC Ajaccio 1×0 Stade Bretois 29

AS Nancy-Lorraine 0x2MontpellierHSC

ES TroyesAubeChampagne 0x2 Toulose FC

Evian Thonon Gallard 1×1 FCLorient

OGC Nice 2×2 SCBastia

ValenciennesFC 4×1 Olympique Marseille

Olympique Lyon 0x2Bordeaux

AS Saint Etienne 0x0 Stade de Reims

 

Time PG J V E D GP GC SG (%)
1 Olympique 18 7 6 0 1 10 5 5 86
2 PSG   15 7 4 3 0 12 3 9 71
3 Lyon 14 7 4 2 1 12 7 5 67
4 Lorient 13 7 3 4 0 13 8 5 62
5 Bordeaux   13 7 3 4 0 9 5 4 62
6 Toulouse 12 7 3 3 1 9 7 2 57
7 Valenciennes   11 7 3 2 2 11 6 5 52
8 Reims  11 7 3 2 2 8 5 3 52
9 Ajaccio* 9 7 3 2 2 6 7 -1 43
10 Brest 9 7 3 0 4 7 12 -5 43
11 Saint-Etienne   8 7 2 2 3 10 6 4 38
12 Nice   8 7 1 5 1 10 9 1 38
13 Montpellier 8 7 2 2 3 9 9 0 38
14 Rennes   7 7 2 1 4 9 11 -2 33
15 Lille   7 7 1 4 2 8 10 -2 33
16 Bastia 7 7 2 1 4 9 18 -9 33
17 Sochaux   6 7 2 0 5 7 12 -5 29
18 Evian 5 7 1 2 4 7 9 -2 24
19 Nancy 4 7 1 1 5 2 10 -8 19
20 Troyes 2 7 0 2 5 6 15 -9 10

* Clube punido em dois pontos devido aos distúrbios causados pelos torcedores.

REAL MADRID E PSG SEGUEM SEM VENCER NA EUROPA

Não é incomum no futebol. É isso mesmo que ocorre com dois dos mais endinheirados clubes europeus no início da atual temporada: Real Madrid e Paris Saint Germain jogaram três vezes cada um oficialmente e não venceram nenhuma de suas partidas. Só o futebol para proporcionar tais imponderabilidades.

 

O técnico do PSG Carlo Ancelotti. Três jogos e três empates.

LA LIGA

Getafe 2×1 Real Madrid

Getafe

Em Getafe, próximo a Madri, a equipe local virou o placar para cima do Real Madrid.

A partida teve maior posse de bola por parte dos visitantes. O gol sairia aos 28 minutos de jogo em assistência de Angel di María para Gonzalo Higuaín marcar.

O Madrid teve plenas possibilidades de liquidar a partida, ainda que não fizesse excelente atuação.

Cristiano Ronaldo não marcou em Getafe

O processo de castigo teve início aos 7 minutos do 2º tempo em cobrança de falta de Abdel Barrada que colocou na área para cabeceio de Juan Valera no segundo pau. Partida empatada.

Logo mais, José Mourinho decide lançar a equipe à frente ao trocar Lassana Diarra por Karim Benzema. O Madrid ficou mais próximo do segundo gol, mas deixou espaços atrás.

Aos 74 minutos de jogo, Adrian Colunga passou pela marcação de Albiol, lançou Barrada que tocou e marcou.

Foi a terceira partida do Real Madrid na temporada, duas pela Liga e uma pela Supercopa Espanhola e os Merengues amargam duas derrotas e um empate. É pressão sobre José Mourinho e seus comandados que terão que reverter placar agregado desfavorável em 3×2 contra o Barcelona na próxima quarta-feira no Estádio Santiago Bernabéu.

 

Osasuna 1×2 Barcelona

Pamplona

Jogando em Pamplona, o Barcelona perdia seu jogo debaixo de forte sol de verão graças a gol de Joseba Llorente.

Sem serem brilhantes, os catalães modificaram o placar em 4 minutos durante a 2ª etapa por conta de duas finalizações de Lionel Messi.

O empate foi obra de jogada de Alexis Sánchez, Pedro Rodríguez e Lionel Messi. No final, Pedro tocou para Messi concluir a gol e levantar os protestos do Osasuna referentes a possível impedimento do argentino.

A 10 minutos do final do jogo, Jordí Alba, que havia falhado na marcação do gol do Osasuna, cruza rasteiro para Messi bater no canto com categoria.

Os Blaugranas somam três vitórias em três jogos oficiais na temporada.

 

Valencia 3×3 Deportivo La Coruña

Valencia

Na melhor partida da rodada, o Valencia deixou escapar vitória em casa contra o recém retornado à divisão principal espanhola Deportivo La Coruña.

A dupla atacante valenciana Roberto Soldado e Jonas mostra serviço e é responsável por dois gols do jogo, mas do lado galego Abel Aguilar responde com também dois gols.

Os anfitriões venciam por 3×1, mas permitiram a recuperação dos visitantes na 2ª etapa.

Destaque para o belo gol de Roberto Soldado após lançamento de José Guardado para Jonas que serviu o artilheiro para fazer de voleio.

 

Classificação

Agora, na Liga polarizada entre Real Madrid e Barcelona, os catalães já abrem 5 pontos de vantagem sobre os madridistas. Vantagem nada desprezível.

O intruso da vez na corrida pelo título é o Rayo Vallecano que obteve duas vitórias em dois jogos. Confira:

1) Barcelona            6

2) Rayo Vallecano   6

3) Deportivo             4

4) Mallorca               4

5) Sevilla                  4

6) Málaga                 4

15) Real Madrid       1

 

 

BUNDESLIGA

Teve início a temporada alemã com sua tradicional e fortíssima Bundesliga, a Liga Federal do país.

Lewandowski do Borussia Dortmund. A fantástica Bundesliga com o Signal Iduna Park de Dortmund lotado para recepcionar os atuais campeões na 1ª rodada

E a dupla favorita confirmou as expectativas na rodada inaugural do torneio ao vencerem seus jogos.

 

Borussia Dortmund 2×1 Werder Bremen

Dortmund

Jogando para o fantástico público de 80 mil pessoas na Signal Iduna Park, os locais do Borussia Dortmund e o Werder Bremen fizeram a partida mais esperada da rodada.

E os anfitriões defensores do título marcaram logo aos 11 minutos com Marco Reus, contratado para suprir a ausência de Shinji Kagawa, negociado com o Manchester United.

O Bremen assustou aos empatar a 15 minutos do final com gol de Theodor Gebre Selassie. Situação que forçou o Dortmund a ter que partir para a vitória obtida com gol de Mario Götze aos 36 minutos.

 

Greuther Fürth 0x3 FC Bayern

Fürth

O FC Bayern entra na nova temporada para recuperar a hegemonia nacional perdida para o Borussia Dortmund e tentar chegar a nova final da UEFA Champions League e redimir-se da perda do título em casa para o Chelsea.

Para tanto, nada como iniciar com vitória incontestável sobre o recém chegado na 1ª divisão Greuther Fürth por 3×0 fora de casa.

Thomas Müller, Mario Mandzukic e o auto gol de Thomas Kleine garantiram o placar para o time da Baviera.

 

Outros resultados:

Borussia Mönchengladbach 2×1 TSG Hoffenheim

Freiburg 1×1 Mainz

FC Augsburg 0x2 Fortuna Dusseldorf

Hamburg 0x1 Nuremberg

Eintrach Frankfurt 2×1 Bayer Leverkusen

Stuttgart 0x1 Wolfsburg

Hannover 96 2×2 Schalke 04

 

 

SERIE A

Esvaziado pela saída de astros como Zlatan Ibrahimovic e Thiago Silva, além de combalido pelos mais recentes escândalos de manipulação de resultados investigados a fundo pela Justiça, teve começo a nova temporada do campeonato italiano, a Serie A.

E as surpresas já deram as caras com a derrota do Milan em casa e o empate da Roma também jogando perante sua torcida.

 

Juventus 2×0 Parma

Turim

Jogando no seu Juventus Stadium, a Juve desponta como a única força italiana com alguma possibilidade de fazer frente aos gigantes europeus na UEFA Champions League.

Andrea Pirlo agora com barba ao estilo “o mais velho e experiente da tribo”

Para iniciar a temporada repleta de expectativas internacionais, a Vecchia Signora, sem ter feito partida exuberante, não deu chances à zebra ao bater o Parma.

Os visitantes adotaram a estratégia de jogar fechado e explorar os contra ataques. Tudo sem sucesso.

A Juventus contou com grande atuação de Kwadwa Asamoah, ex-Udinese.

Stephan Lichsteiner e Andrea Pirlo selaram a vitória dos anfitriões.

 

Atalanta 0X1 Lazio

Bergamo

Com grande atuação de Miroslav Klose e belo gol de Hernanes, a Lazio inicia bem fora de casa e busca temporada ainda melhor que a última. O grupo é bom e a equipe romana pode produzir algo de positivo na temporada.

 

Milan 0x1 Sampdoria

Milão

O Milan teve infrutífera maior posse de bola. Sem objetividade nada conseguiu no 1º tempo.

Aos 59 minutos, Andrea Costa marcou para a Samp, forçando os anfitriões a pressionarem com direito a bola na trave de Kevin Prince Boateng.

Robinho saiu lesionado.

Temporada que pode ser frustrante para os rossoneri que leva elenco esvaziado a campo e deposita suas esperanças na boa vontade do presidente do Real Madrid, Florentino Perez, em ceder Ricardo Kaká e Lassana Diarra ao clube. Dia 31 de agosto é a data limite.

 

Palermo 0x3 Napoli

Palermo

Já sem Ezequiel Lavezzi, o Napoli causou boa impressão inicial ao impor contundentes 3×0 sobre o Palermo fora de casa, mostrando que pode manter o forte ritmo da temporada anterior.

O eslovaco Marek Hamsik foi o melhor em campo e abriu o placar no final do 1º tempo.

Christian Maggio e Edinson Cavani garantiram a vitória napolitana.

 

Pescara 0x3 Internazionale

Pescara

Mal havia começado o ano para a Inter e o time de Massimo Moratti já era cornetado em alto e bom som ao ter dificuldades em avançar na Pré-Champions League.

Eis que os Nerazzurri surpreenderam e fizeram três gols fora de casa por obra de Wesley Sneijder, Diego Milito e Phillipe Coutinho.

Vitória alentadora da Internazionale.

 

AS Roma 2×2 Catania

Roma

A Roma precisou buscar o resultado por duas ocasiões em casa para se livrar de derrota contra o Catania.

O drama se intensificou quando o empate definitivo veio somente aos 91 minutos de jogo através de Nicolas López.

 

Outros resultados:

Fiorentina 2×1 Udinese

Chievo Verona 2×0 Bologna

Genoa 2×0 Cagliari

Siena 0x0 Torino

 

 

LIGUE 1

 

Paris Saint Germain 0x0 Bordeaux

Paris

A liga francesa tem assunto único após três rodadas: o Paris Saint Germain. Inicialmente, devido às contratações milionárias do clube controlado pela Qatar Investment Authority (QIA), agora pelo jejum de vitórias.

Ibra tentou, mas não quebrou o encanto de ausência de vitórias do PSG

Fato não inédito no mundo da bola, onde determinado clube investe pesado na formação de uma equipe de craques sem o resultado esperado, o PSG amarga três jogos com três empates. Sim, não perdeu, mas também não venceu e a lei econômica básica reza que maior o risco (investimento), maior o retorno. Claro, o próprio nome já diz: risco. Algo que pressupõe, por outro lado, tombo.

O ponto nevrálgico é a cobrança natural sobre o clube que investiu forte na equipe.

Sim, Thiago Silva, um dos astros em questão, ainda não estreou, ainda assim, empates contra Lorient, Ajaccio e Bordeaux não são indicativos de grandes expectativas para a Champions League, por exemplo.

Na partida de ontem, o melhor do PSG de Carlo Ancelotti foi a tentativa de Zlatan Ibrahimovic em chute rente à trave. Pouco para o novo rico europeu. Paciência será necessária, mas há paciência no mundo dos negócios e do esporte de competição?

 

Resultados:

Evian Thonon Gallard 1×1 Olympique Lyon

OGC Nice 2×2 LOSC Lille

AS Nancy Lorraine 0x1 Toulose FC

ES Troyes Aube Champagne 2×2 FC Lorient

Stade de Reims 1×0 Sochaux

Stade Rennais FC 3×2 SC Bastia

Valenciennes FC 3×0 AC Ajaccio

AS Saint Etienne 4×0 Stade Bertois 29

Montpellier HSC 0x1 Olympique Marseille

 

Classificação:

1)     Olympique Marseille 9

2)     Olympique Lyon        7

3)     Valenciennes             7

4)     Bordeaux                   7

5)     Toulose                     7

15)  PSG                              3

INTERNAZIONALE RENASCE COM RANIERI

Inter vence bem em Moscou

Diz o velho dito popular: rei morto, rei posto. Bom, o velho e sábio jargão pode ser aplicado à equipe da Internazionale. Mal foi exonerado Gian Piero Gasperini do comando técnico “nerazzuro”, eis que surge Claudio Ranieri.

 

Claudio Ranieri

E com Ranieri parece que tudo mudou na atmosfera interista.

 Em final de semana que teve os principais times da Europa atuando no sábado por causa da rodada vindoura da UEFA Champions League, a Inter venceu o Bologna fora de casa por 3×1 pelo campeonato italiano e emendou a mudança de fase com vitória sobre o CSKA Moscou por 3×2 também como visitante, já pelo grupo B da própria UCL.

 Jogando em Moscou, a Inter saiu na frente com gol do zagueiro Lúcio, ampliou com Giampaolo Pazzini, sofreu dois gols marcados por Alan Dzagoev (em falha do goleiro Júlio César) e Vagner Love e marcou o gol da vitória logo em seguida com Mauro Zarate que entrara no 2º tempo.

 Se a Inter havia jogado no incinerador seus três pontos iniciais em disputa contra o Trabzonspor em Milão, acabou de recuperá-los na sempre incômoda viagem para Moscou. Ponto para Ranieri que busca a confiança de Massimo Moratti e da torcida “nerazzura”.

 Na outra partida do grupo, o Trabzonspor recebeu o LOSC Lille e empatou em 1×1 e, surpreendentemente lidera com 4 pontos contra 3 de Inter e Lille e 1 do CSKA.

 

Franck Ribery contra a marcação do Manchester City

O FC Bayern de Munique passeou na Allianz Arena contra o Manchester City. Fez 2×0 e poderia ter feito outros gols. Mario Gomez foi o autor de ambos.

 Jogando com pleno domínio territorial, atacando com facilidade e com grande atuação de Franck Ribery e Bastian Schweinsteiger, os bávaros fizeram o goleiro do City, Joe Hart, trabalhar como nunca. Só que Hart sozinho não poderia parar o time alemão. Além do domínio, todos os rebotes dos chutes a gol eram alemães. Os ingleses pareciam dormentes em campo, não viram a cor da bola e foram incapazes de organizar jogadas de ataque. Vitória justa da equipe de Jupp Heynckes.

 Para piorar as coisas do lado do City, Carlos Tevez, escalado como reserva, recusou-se a ir a campo ao ser chamado pelo técnico Roberto Mancini. Resultado: a crise estourou no clube. Por um lado, o argentino insatisfeito por não ser utilizado como gostaria e desafiando seu treinador, por outro, Roberto Mancini afirmando que foi o fim da linha para o jogador. Imbróglio dos graves para o Manchester City. Eis o momento da chamada de Mancini e da recusa de Tevez.

 [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=PQIW7o_7D-g[/youtube]

 A exemplo do Bayern, o Napoli recebeu o Villarreal e venceu também por 2×0.

 Em clima emocional, a equipe campanhola voltava a mandar um jogo de Champions League em seu estádio San Paolo. Marek Hamsik e Edinson Cavani de pênalti definiram o placar logo no 1º tempo.

 O Bayern lidera soberano o grupo A com 6 pontos, o Napoli fica com 4, Manchester City é a decepção com 1 e o Villarreal continua no zero.

 

Manchester United sofreu stress inesprado em Old Trafford

Surpresa no grupo C. O Manchester United vencia o FC Basel da Suíça por 2×0 com tranqüilidade em Old Trafford com dois gols em sequência de Danny Welbeck. Aí veio o 2º tempo e Alexander e Fabian Frei empataram também em dois gols seguidos e o stress tomou conta do experiente e desfalcado time de Alex Ferguson.

 Alexander Frei bateu pênalti aos 31 minutos e a surpresa tomou conta do Old Trafford. Virada no placar.

 O United se lançou ao ataque desesperadamente. Empatou na bacia das almas dos 45 minutos com Ashley Young e safou-se de derrota desastrosa em casa. Placar final de 3×3.

 Com o tropeço do United, o maior beneficiado foi o Benfica que foi a Bucareste, Romênia, e venceu o Otelul Galati por 1×0.

 Agora, na classificação, Basel e Benfica ficam com 4 pontos, Manchester United com apenas 2 e o Otelul Galati com zero. O Man U de Ferguson terá que correr mais que o previsto contra os campeões romenos para retornarem à disputa por vaga na próxima fase da Champions.

Real Madrid sem problemas frente ao Ajax

 Com grande atuação e gol de Ricardo Kaká, além de Cristiano Ronaldo e Karim Benzema, o Real Madrid venceu facilmente o AFC Ajax por 3×0 no Estádio Santiago Bernabéu. Jogo entre duas equipes que, em outros tempos, era um dos principais clássicos do futebol europeu.

 Kaká teve boa atuação e continua na luta pela recuperação técnica após sobreviver a inferno astral de lesões e cirurgias. O brasileiro foi substituído e elogiado no 2º tempo após José Mourinho e o resto do Bernabéu certificarem-se que a fatura estava ganha.

 Na França, o Olympique Lyon fez 2×0 no Dinamo Zagreb. Resultado garantido no 1º tempo que garantiu o 2º lugar dos franceses no grupo D com 4 pontos, deixando para trás Ajax (1 ponto) e Dinamo Zagreb (sem pontos). O Real Madrid lidera com 6 pontos sem dificuldades.

 Amanhã rola o complemento da rodada.