Arquivo da tag: Copa Itália

O SEGUNDO MELHOR TIME DO MUNDO

Orgulho. Essa foi a palavra mais citada por jogadores e torcedores do Real Madrid após o empate por 2×2 com o Barcelona no Estádio Camp Nou nesta quarta-feira em partida de volta válida pelas quartas-de-final da Copa do Rei espanhola e que classificou os catalães.

José Mourinho pândego: no estacionamento do Camp Nou, encostado no carro do árbitro, esperando-o para soltar verbo

E não foi à toa tamanho orgulho. Seguramente foi a melhor exibição do Madrid contra o arquirrival na era Jose´Mourinho.

Exibição providencial, pois, mais do que nunca, o técnico português era questionado em Madri após a derrota por 2×1 na partida de ida.

O 1º tempo merengue foi exuberante, com a equipe sempre marcando sob pressão a saída de bola do Barça.

Cristiano Ronaldo, Gonzalo Higuaín e Mesut Özil construíram suas chances com algumas boas defesas de José Pinto Colorado (que substituía Victor Váldez, relegado ao banco).

O Madrid não marcou, o Barça tratou de fazê-lo. Em grande jogada de Lionel Messi, Pedro abriu o placar aos 43 minutos. Placar que foi ampliado por Daniel Alves em chute diagonal no ângulo, perfeito, sem chances para Iker Casillas. Castigo enorme para o Real Madrid, cujos jogadores saíram inconsolados de campo para o intervalo.

A valentia madridista ficou evidente na 2ª etapa. Com o placar agregrado já em 4×1, os comandados de Mourinho foram à luta. A marcação sob pressão na saída de bola continuava, o Barcelona tentava levar o jogo de forma burocrática até seu final. Os anfitriões sentiam a ausência de Andrés Iniesta, substituído por contusão.

Aos 53 minutos de jogo, Sergio Ramos marca gol legal de cabeça, mal anulado pelo árbitro Fernando Teixeira Vitienes. Revolta geral dos jogadores do Madrid.

Ainda assim, os “blancos” não desistiram.

Em jogada de Özil, Cristiano Ronaldo invadiu a área, driblou Colorado e fez o primeiro gol merengue.

4 minutos mais tarde, roubada de bola sobre Gerard Pique, Karim Benzema aplica lençol sobre Carles Puyol e fuzila para o gol. Era o empate do Madrid.

No final, a partida ficou mais truncada, com faltas e com Pepe, tentando se fazer de vítima, valorizando as cargas que sofria.

Quando Teixeira Vitienes encerrou a peleja, alguns madridistas dirigiram-se a ele. Tarde demais. Classificação justa do Barcelona, mas graças ao desempenho de Madri.

Já o Real Madrid mostrou ser possível derrotar o Barça melhor do mundo. Claro, não será prerrogativa destinada a todos os adversários, mas somente a uns poucos. Poucos como o Real Madrid, um senhor time, mas que teve a infelicidade de ser contemporâneo deste Barcelona que está escrevendo a história do futebol.

Este Madrid de Mourinho é, quase certamente, o segundo melhor time do mundo. Suspeita que poderá ser validada na fase eliminatória vindoura da UEFA Champions League.

 

VELOZES

  • Foi quase um discurso ensaiado pelos jogadores do Real Madrid nas entrevistas pós-jogo, e não era para menos, estavam todos orgulhosos do desempenho no Camp Nou. Tudo isso após semana conturbada com especulações de possível saída de Mourinho da direção técnica do clube merengue.
  • Perguntar não ofende: e se o Real Madrid vencer a Champions, além da Liga Espanhola, que vai bem obrigado? Mourinho será contestado e demitido? E mais, e se ele vencer e não quiser ficar? Bons empregos seguramente não lhe faltarão.
  • O gol anulado de Sergio Ramos, bem como sua expulsão posterior renderam após a partida. Iker Casillas confirmou à imprensa local que disse ao árbitro Vitienes na entrada dos vestiários: “Vá fazer festa com eles!”
  • E Sergio Ramos, protagonista da trama, jogou no Twitter: “Estou feliz que o clube apele pelo meu segundo cartão amarelo porque, apesar de alguns não pararem de rolar, nem o toquei.” Ramos havia sido expulso por segundo amarelo após falta sobre Sergio Busquets e alegou simulação do jogador.
  • Lesões no Barça: Andrés Iniesta sofreu ruptura do bíceps femural e Alexis Sánchez sofreu entorse de clavícula.
  • E Mourinho fez das suas também no pós-jogo. Após parabenizar o Barça pela classificação e afirmar que a vitória foi justa pelo que os “blaugranas” fizeram no jogo de ida, o português, segundo o periódico de Barcelona “Mundo Deportivo”, foi ao estacionamento do Estádio Camp Nou, teria aguardado o árbitro Vitienes e dito a ele: “Vai artista, como você gosta de [email protected]#$% os profissionais!”
  • Festa na pequena cidade de Miranda de Ebro. O time local, o Mirandés, também classificou-se ao derrotar no placar agregado (pelo critério de gols fora de casa) o Espanyol por 2×1 em casa. Antes, o Espanyol vencera por 3×2 em virada incrível.
  • O Athletic Bilbao fez 1×0 no Mallorca e foi o outro classificado.
  • Agora falta a decisão entre Valencia e Levante. Tudo a favor do Valencia após vitória por 4×1 na partida de ida.
  • Na bota, a Copa Itália teve prosseguimento com a Juventus despachando a Roma por 3×0 no Juventus Stadium de Turim. O destaque ficou para a atuação de gala de Alessandro Del Piero, veterano ídolo juventino.
  • Já o Chievo Verona recebeu o Siena e se deu mal. Vitória por 1×0 dos visitantes.
  • Em outro clássico italiano, o Napoli recebeu a embalada Internazionale. Se tudo vai bem na Série A com as 7 vitórias em sequência, os “nerazzurri“ sentiram porque o time de Walter Mazzarri é a sensação italiana da temporada. Vitória napolitana por 2×0 com gols de Edinson Cavani.
  • Na Carling Cup inglesa o Manchester City enfrentou o Liverpool. Empate de 2×2 em jogo polêmico, já que o árbitro marcou pênalti de Micah Richards em toque de mão. Foi um daqueles lances difíceis e interpretativos que dividem as opiniões. Fato é que um dos gols do Liverpool (convertido por Steven Gerrard) veio deste lance. Com isso, o Liverpool avançou no placar agregado (3×2). Polêmica lançada.
  • Na outra decisão, mais emoção. O Cardiff City recebeu o Crystal Palace. Fez 1×0, igualou o agregado (1×1) e foi necessária a decisão por penalidades. Vitória dos galeses por 3×1 para delírio da torcida local.
  • Com isso, final da Carling Cup definida: Cardiff City x Liverpool em Wembley.

 

Encerrando o giro internacional, nada como encerrar com aqueles que, para muitos, são considerados os “inventores” do rock alternativo. Anunciaram o fim das atividades, mas todos sabem que, por uma grana extra para garantir a aposentadoria, eles podem se reunir para um novo tour mundial. Claro, é o REM, com “All the Best” do álbum de sugestivo nome “Collapse into now” de 2011. Confira.

http://www.youtube.com/watch?v=ayb1uoeYrgo

INTERNAZIONALE: RECUPERAÇÃO SUPERSÔNICA

Nem o mais otimista torcedor “nerazzurro” poderia esperar, mas foi o que aconteceu. A Internazionale do técnico Claudio Ranieri obteve sua sétima vitória consecutiva na Série A italiana ao derrotar a Lazio por 2×1 em Milão no domingo.

Claudio Ranieri

Nada mal para quem começou a temporada na zona de rebaixamento, situação que causou a demissão de Gian Piero Gasperini do comando técnico da equipe.

Com a decisão de Massimo Moratti de contratar Claudio Ranieri, dúvidas pairavam no ar, afinal, além da situação embaraçosa no início do ano de trabalho, Ranieri não era nenhuma unanimidade após passagens sem sucesso por Espanha e Inglaterra, além de Juventus e Roma.

Mas Ranieri conseguiu tirar a Internazionale do inferno e aproximá-la do paraíso.

A vitória sobre a Lazio, partida que significava confronto direto por posição chave na classificação, tirou o 4º lugar do time romano e alçou os “nerazzurri” aos 35 pontos na classificação.

São apenas 3 pontos de desvantagem para a Udinese, 3ª colocada, que venceu em casa o Catania por 2×1.

O Milan venceu sem dificuldades o Novara, lanterna do campeonato, por 3×0 fora de casa e manteve a vice-liderança com 40 pontos. A equipe de Silvio Berlusconi sofre com desfalques, além de futebol que deixa o torcedor rubro-negro em dúvidas neste momento da temporada.

Mas a liderança permanece intacta nas mãos da Juventus que foi a Bergamo e derrotou a Atalanta por 2×0 em campo onde é sempre difícil triunfar como visitante.

Destaque também para a Roma. Parece que o trabalho do técnico espanhol Luis Enrique começar a mostrar seus primeiros frutos, já que os “giallorossi” detonaram o Cesena por 5×1 com dois gols do ídolo do clube Francesco Totti.

Não passou despercebido o feito do artilheiro da Roma.  São 211 gols marcados em 486 jogos pelo clube. Perguntar não ofende: teria ainda Totti lugar na seleção italiana? Com a palavra Cesare Prandelli, técnico da Azzurra.

Com a vitória romana e o empate do Napoli por 1×1 com o Siena, a equipe de Luis Enrique subiu para o 6º lugar com 30 pontos.

 

VELOZES

  • Ainda pela bota, começa hoje a fase quartas-de-final da Copa Itália com pelo menos três grandes jogos: Juventus x Roma abrem os serviços nesta terça-feira em Turim. O Napoli recebe a Internazionale e o Chievo Verona enfrenta o Siena em casa na quarta-feira. Para encerrar, a Lazio volta a Milão, mas para encarar o Milan na quinta-feira.
  • Falando em Itália, Mario Balotelli foi acusado pela FA por conduta violenta após pisar na cabeça do jogador Scott Parker do Tottenham na vitória do Manchester City por 3×2 pela Premier League. Balotelli levou gancho de 4 jogos e terá até quarta-feira para recorrer.
  • A Bundesliga, o campeonato alemão, teve seu recomeço no último final de semana. Como é de praxe, a Alemanha cessa suas atividades futebolísticas por período relativamente prolongado devido ao inverno local nada fácil de encarar. Problemas à vista para o ainda líder FC Bayern. Se a equipe de Munique teve início de temporada promissor, as coisas começam a complicar agora, haja vista a derrota por 3×1 sofrida fora de casa para o Borussia Mönchengladbach.
  • Quem agradece é o atual campeão, o Borussia Dortmund, que fez impiedosos 5×1 no Hamburgo fora de casa. Caminho oposto seguido pelos campeões nacionais em comparação ao Bayern, início ruim e boa recuperação por ora.
  • Como nem tudo são flores, o Dortmund recebeu a péssima notícia da ausência de6 a8 semanas de Mario Götze. As informações são de que o jovem jogador da seleção alemã sofre de complicada lesão na região do quadril.
  • Outro que se deu bem com a queda de rendimento do Bayern é o Schalke04. Aequipe recebeu o Stuttgart e fez 3×1.
  • Agora a parte de cima da tabela embolou com Bayern, Dortmund e Schalke 04 empatados com 37 pontos, além de Borussia Mönchengladbach na cola com 36.
  • Depois de Arsene Wenger, foi a vez de José Mourinho ser vaiado pela torcida. Foi na partida contra o Athletic Bilbao em Madri, vencida pelo Real Madrid por 4×1. Não foi somente o treinador que foi homenageado pela torcida merengue. O luso-brasileiro Pepe também não foi esquecido. Tudo em virtude da derrota da equipe para o Barcelona pela Copa do Rei e o comportamento do time frente ao arquirrival Barcelona. Será sinal de fim da linha para Mourinho no Madrid?
  • A Carling Cup, Copa da Liga Inglesa, realiza os jogos de volta da fase semifinal. O Cardiff City recebe o Crystal Palace nesta terça-feira após vitória por 1×0 do Palace na partida de ida. Já na quarta-feira, o Liverpool recebe o Manchester City e em boas condições de avançar, já que ganhou em Manchester por 1×0.

 

MORRISSEY

 Já que encerramos as novas do dia com a Inglaterra, impossível não remeter à notícia que abalou as estruturas da ala “Indie-alternativa” do Brasil. O ex-vocalista do The Smiths, Morrissey, cultuado pela galera indie rock, reconhecido como poeta contemporâneo da língua inglesa, deve anunciar turnê sul-americana com 12 datas, sendo quatro no Brasil. Se tudo der certo, o cantor inglês aterrissa no País lá pelo mês de março.

Enquanto isso, dá para curtir seu trabalho solo. Confira “Irish blood, English heart”, do album “You are quarry” de 2004.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=KKoS5X4SMrY[/youtube]