OKC na Final!

Em uma série emocionante, o Thunder eliminou o Spurs na noite de ontem e pela primeira vez irá participar das Finais da NBA. O time de Oklahoma perdeu os dois primeiros jogos, mas conseguiu se recuperar de forma avassaladora contrariando inclusive as estatísticas, já que somente 6% das equipes que enfrentaram um déficit de 0 a 2 tinham conseguido reverter a situação.

 

 

O Thunder comemorou muito seu primeiro título do Oeste

O Spurs começou a partida com tudo, e abriu 10 pontos de diferença com facilidade. O armador Tony Parker e o ala Stephen Jackson comandavam o bom momento da equipe de San Antonio, que no intervalo já vencia por 15 pontos. Tudo levava a crer que teríamos um jogo número 7 no Texas, no entanto, o Thunder mostrou mais uma vez que não desiste jamais, no melhor espírito brasileiro. A equipe de Oklahoma acertou a defesa no 3° período e contando com ótimas atuações de Durant, Westbrook e Harden, fechou o quarto perdendo por apenas um ponto (80 a 81). No 4° período, demonstrando agressividade, o Oklahoma virou a partida na linha dos lances livres. Quando o Spurs ameaçou reaver o controle do jogo, Derek Fisher e James Harden soltaram duas bombas de três que devolveram a calma ao Thunder. Fisher, alias, mostrou seu valor mais uma vez, como cresce em momentos decisivos o ex-armador do Lakers! No desespero, o San Antonio começou a abusar dos arremessos de três, mas não conseguia convertê-los, o tempo foi passando e o Thunder conseguiu manter a dianteira até o final, para o delírio da torcida presente no Chesapeake Energy Arena. Thunder campeão do Oeste!

Durant comemora com a torcida o avanço às Finais da NBA

Um fato curioso do jogo é que Kevin Durant participou de todos os minutos da partida, algo que ainda não tinha acontecido no campeonato. O técnico do Oklahoma Scott Brooks já tinha sido criticado pela mídia esportiva por substituir Durant em momentos que a equipe poderia precisar dele, afinal, há uma pressão natural para que os grandes astros joguem mais minutos, principalmente em momentos decisivos. Ontem, Durant ficou em quadra o tempo todo e esta decisão da comissão técnica foi imprescindível para que o Thunder conseguisse a vitória. “É um momento espetacular para ele, por jogar desta forma neste momento (de decisão), eu não iria tirá-lo”, declarou Brooks logo após a partida. “Eu não iria substituí-lo, não me importei nas vezes que olhei e ele me pareceu cansado. Ele poderia suportar, todos os nossos jogadores podem. Você apenas tem que querer”, finalizou.

Harden comemora uma bomba de três que implodiu o Spurs no 4° período

Durant já previa que esta situação poderia acontecer, de acordo com suas declarações após o jogo. “Eu disse a comissão técnica que poderia disputar a partida toda, os 48 minutos, mas não pensei que eles fossem permitir”, revelou Kevin. “Mas eles me deixaram no jogo e procurei dar a meu time o que era necessário”, analisou. Pelo lado do Spurs não houve desculpas, os veteranos foram sucintos ao explicar a derrota. “Não há muito que reclamar”, disse o armador Manu Ginobili. “Fizemos um grande campeonato, mas não conseguimos derrotá-los”, resumiu. Tim Duncan também reconheceu a superioridade do adversário. “Tivemos um grande primeiro tempo, com controle do jogo, e eles continuaram lutando”, analisou. “Eles permaneceram brigando para voltar à partida, o talento deles é avassalador, foi impressionante”, finalizou Duncan, chateado.

Olhares incrédulos dominaram o banco do Spurs no final da partida

Por ser um time jovem, muitos acreditavam que o Thunder tinha talento, mas sua juventude e poderio atlético não seriam suficientes para lhes dar a capacidade de vencer a experiência do San Antonio. Nestes Playoff’s, o Oklahoma City provou que pode iniciar uma dinastia, já que venceram os três times que conquistaram títulos da NBA pelo lado Oeste nos últimos 12 anos, Mavericks, Lakers e Spurs. “Entendemos que isto é um processo, tivemos que esperar a nossa vez”, revelou Durant, sobre o fato de finalmente chegar as Finais após as eliminações em anos anteriores pelas mãos do Lakers em 2010 e Mavericks em 2011. “O comprometimento e a forma com que eles entendem o quanto é necessário trabalhar duro, como se adaptar a diferentes situações é incrível, mesmo sendo tão novos”, declarou Nazr Mohammed, pivô do Thunder e um veterano com 14 anos na Liga, tendo inclusive conquistado um título com o Spurs em 2005.

Tudo indica que realmente o Oklahoma é um time que veio para ficar, porém, o maior teste está à frente, se o Miami Heat for a Final, Kevin Durant e Cia. terão que enfrentar dois dos melhores jogadores da NBA, Wade e James, que contam com o reforço do ala Chrys Bosh, voltando de contusão. Se passar o Boston Celtics como tudo indica, mais uma vez o Thunder irá enfrentar um time que é extremamente experiente e que sabe como ser campeão. De qualquer forma, será uma série final imperdível, e você vai ficar sabendo de tudo aqui, no FEROZESFC!

Vai pegar fogo galera do NBA SPOT! Até a próxima FEROZES!!!


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/t990olqj3thq/public_html/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405

One thought on “OKC na Final!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *